Wikia Shadowhunters BR
Advertisement
Wikia Shadowhunters BR

Tomás Rosales era o diretor do Instituto da Cidade do México e o tio de Cristina Rosales.

História

Em dezembro de 2007, quando a Clave chamou Caçadores de Sombras ao redor do mundo para evacuar os Institutos e retirarem-se para Alicante à luz dos ataques de Sebastian Morgenstern, Tomas estava convencido de que Idris não estaria seguro e insistiu que Cristina e sua mãe ficassem escondidas em sua casa no México.[1]

Uma vez em Alicante, Tomas estava entre os chefes do Instituto que falaram durante as reuniões da Clave e Conselho em Alicante, em preparação para a guerra contra Sebastian. Tomas participou então na batalha da Cidadela contra os guerreiros Crepusculares de Sebastian, durante o qual ele sofreu uma lesão no braço que mais tarde foi enfaixada.

Quando o Conselho descobriu que não havia nenhuma maneira de trazer de volta os Crepusculares, eles também perceberam que a única maneira de lidar com eles era matá-los; Tomas, no entanto, ficou horrorizado com a ideia de matar todos os Crepusculares "em uma varredura" através da destruição do Cálice Infernal uma vez que ele ainda os via como companheiros Caçadores de Sombras. Quando lhes disseram que as fadas estavam ligadas a Sebastian, ele ficou preocupado e, em pânico, chamou o ex-Irmão do Silêncio Zachariah, que estava avisando-os sobre o Crepusculares, de um menino.[2]

Thomas estava entre as vítimas da guerra.[1]

Aparições

Curiosidades

  • Foi o pai de Cristina quem foi inicialmente destinado a ser introduzido em Cidade do Fogo Celestial como o chefe do Instituto do México.[3]

Referências

Família Rosales
Carmen Rosales Delgado | Cristina Rosales | Diego Rosales | Jaime Rosales | Tomás Rosales
Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
Advertisement