Wikia Shadowhunters BR
Advertisement
Wikia Shadowhunters BR
Outras versões
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo de Corrente de Ferro a seguir. Aconselhamos atenção!

Eu sou Theresa Gray, filha de um Demônio Maior e Elizabeth Gray, que nasceu Adele Starkweather, uma de sua espécie. Eu era a esposa de William Herondale, que era o líder do Instituto de Londres, e eu era a mãe de James Herondale e Lucie Blackthorn. Will e eu criamos nossos filhos Caçadores de Sombras para proteger os mundanos, viver pelas leis da Clave e do Pacto, e para manter os Acordos. Uma vez eu vivi entre os Caçadores de Sombras. Uma vez eu quase poderia ter parecido uma pessoa para você.

–Tessa para Jocelyn em 1993, A Última Batalha do Instituto de Nova York

Theresa "Tessa" Gray é uma feiticeira americana, particularmente um novo tipo de feiticeira — a rara meio-Caçadora de Sombras, meio-demônio Eidolon. Ela se mudou para Londres em 1878 e sua vida, desde então, está enredada nas vidas dos Nephilim.

Biografia

Vida Pregressa

Theresa Gray nasceu da caçadora de sombras não-marcada Elizabeth Gray e um demônio Eidolon, mas criada por quem todo mundo acreditava ser seu pai, o mundano Richard Gray. Em circunstâncias normais, filhos de Caçadores de Sombras e demônios seriam natimortos, mas Elizabeth foi capaz de dar à luz a Tessa não só porque ela não tinha qualquer runas, mas também porque ela usava o anjo mecânico.[3]

Durante grande parte de sua vida, ela não sabia o que realmente era e sua verdadeira filiação. Concebida em Londres, a família de Tessa se mudou para Nova York, enquanto Elizabeth, sua mãe, estava grávida. Após a morte de seus pais em um acidente de carruagem quando ela tinha apenas três anos de idade, ela e seu irmão, Nate, foram criados por sua tia materna, Harriet Moore. Ela passou a maior parte de sua vida sendo superprotegida por sua tia e encontrando conforto nos livros, sonhando em ter o tipo de aventuras que lia sobre. Aos dezesseis anos, sua tia Harriet morreu do que ela achava que era uma febre. Após sua morte, Nate providenciou a mudança de Tessa para Londres com ele.

Chegada em Londres

Tessa viajou de Nova York a Londres, quando Nate chamou por ela, logo após a morte de sua tia Harriet. Uma vez lá, um par de mulheres misteriosas e sinistras, a quem ela chamou de Irmãs Sombrias, deu-lhe uma carta escrita na caligrafia de Nate e disse-lhe que vinham para buscá-la em nome de Nate.

As irmãs sombrias logo revelaram que, aparentemente, tinham Nate como um prisioneiro, mostrando para ela o anel de seu pai, que Nate sempre usava, salpicado de sangue. Elas a obrigaram a mudar de forma, torturando-a para aprender rapidamente, bem como ameaçando prejudicar Nate se ela não fizesse o que pediram. As Irmãs Sombrias tinham feito um acordo com o "Magistrado", que tinha a esperança de se casar com ela e explorar a sua capacidade. Em seu isolamento, ela escreveu cartas para Nate sobre sua solidão e reclusão, que mais tarde Will encontrou e leu.

Um dia, após a transformação em Emma Bayliss, ela foi informada sobre seu acordo de casamento com o Magistrado, que por muito tempo estava esperando por ela. Depois de uma tentativa fútil de escapar, ela foi finalmente resgatada pelo Caçador de Sombras Will Herondale. Tessa desmaiou no meio da luta contra as Irmãs Sombrias e foi levada para o Instituto de Londres. Durante a sua estada no Instituto, a líder Charlotte Branwell prometeu cuidar dela e ajudá-la a procurar Nate. Lá, Tessa fez amizade com Jem Carstairs e o resto dos moradores e funcionários do Instituto, particularmente Sophie Collins, a serva, enquanto ela teve uma relação difícil com Jessamine Lovelace, que queria sair do Instituto com Tessa.

Quando a investigação sobre seu irmão levou-os a casa de Alexei de Quincey, ela tomou a forma da vampira Camille Belcourt para se infiltrar em uma festa exclusiva, com Will posando como o seu subjugado humano e Magnus Bane, amante de Camille, como seu guia. Uma vez que o cativo humano na festa foi mordido, Will enviou um sinal para o Nephilim à espreita para atacar. Tessa então percebeu que o ser humano em cativeiro era seu irmão, Nate.

Durante a batalha, de Quincey foi atrás de Tessa, que ainda estava sob a forma de Camille. Will, para salvar Tessa, lutou com ele e acabou mordendo o vampiro. Após a batalha, Nate foi trazido de volta para o Instituto, onde foi interrogado e permitido que se recuperasse. Tessa tem apenas alguns momentos com Nate desde que Jessamine, que queria se casar com um mundano para poder deixar o mundo dos Caçadores de Sombras, parecia insistente em cuidar dele, esperando que Nate se apaixonasse por ela.

Mais tarde, Tessa aprendeu com Sophie que Will estava sendo difícil sobre o seu tratamento, que envolvia beber baldes de água benta para expulsar o sangue de vampiro que ele tinha ingerido, ou então ele iria se tornar um Subjugado. Tessa se ofereceu para levar aquilo para ele no sótão, e, finalmente, o obrigou a beber. Durante uma conversa bastante íntima, eles compartilharam seu primeiro beijo, antes de Will empurra-la e insistir que ela o deixa-se. Depois desta noite, Will ficou ainda mais distante e hostil em relação a ela, para grande confusão de Tessa.

Para sua surpresa, no dia seguinte, os Caçadores de Sombras estavam discutindo sobre o próximo interrogatório de Nate, possivelmente pelos Irmãos do Silêncio. Irritada, Tessa deixou claro que seus objetivos não são sua responsabilidade, e que ela fez a sua parte enquanto procuravam Nate. Antes de sair, ela chamou a atenção deles pela atitude pretensiosa em direção aos Seres do Submundo e mundanos. Depois de ter algum tempo para sentir culpa sobre ter gritado com eles, especialmente porque ela estava unicamente brava com Will, ela deixou o Instituto. Ela foi prontamente seguida por Jem, que então começou a mostrá-la alguns lugares em Londres que poderiam ajudá-la a aprender a amar a cidade e até mesmo levou-a para o seu lugar favorito — a Ponte Blackfriars—. Lá, Jem contou para ela pedaços de sua história com Will e lhe disse que ele acha que ela não é menos humana do que ele.

Sem o conhecimento deles, eles foram seguidos por um par de Autômatos, um deles o cocheiro Mecânico das Irmãs Sombrias, sob as ordens de Magistrado. Jem se envolveu brevemente em uma luta antes de correr com Tessa e chegaram até o Instituto antes de Jem entrar em colapso, a sua doença impressionante o atingindo em um momento ruim; felizmente, Charlotte imediatamente veio em seu socorro. Durante a recuperação de Jem, ele disse a ela sobre sua doença, a dependência do seu corpo sobre Yin fen, para que ela não se culpasse.[4]

Mortmain Revelado

Quando Nate acordou, ele rapidamente desenvolveu um plano que ele secretamente disse ao Magistrado de continuar a ter a aparência de um menino amedrontado que não queria nada mais do que ir para casa com Tessa e viver uma vida normal. Vendendo ela e as outras mentiras e algumas meias-verdades sobre a verdadeira natureza de seu negócio em Londres, Nate disse-lhes falsamente que de Quincey realmente era o Magistrado, e que as Irmãs Sombrias iriam realizar o ritual de ligação, um feitiço que iria melhorar os autômatos que Magnus Bane lhes tinha dito anteriormente sobre, em uma lua cheia, naquela mesma noite.

Por causa da suposição de que o plano de de Quincey para assumir Londres começaria naquela noite, o Enclave decidiu agir. Depois que eles saíram, Will e Jem foram postos a cargo do Instituto. Mortmain paga-lhes uma visita na mesma noite lhes alimentando com informações falsas sobre os planos de De Quincey. Will e Jem pegaram essa dica e partiram, deixando Thomas para proteger o Instituto. No entanto, Axel Mortmain forneceu intencionalmente informações erradas, a fim de atacar o Instituto e levar Tessa com ele, como ele foi revelado ser o Magistrado. Foi quando eles descobriram sobre o negócio de Nate com o Magistrado.

Quando confrontada pelo Magistrado, Axel Mortmain, Tessa lembrou as palavras de Will para ela antes, explicando que a britânica rainha guerreira Boadicea foi mais corajosa do que qualquer homem, porque ela se matou em vez de deixar-se ser tomada pelos romanos. Com essa inspiração, ela se preparava para se matar a fim de escapar de Mortmain. No entanto, ela percebeu que se ela se transformasse na forma de uma mulher morta, especialmente Adams, cuja forma ela já tinha tomado sob a tutela das curto, em uma mulher que havia sido baleado, ela convenceu Mortmain que ela estava morta e ele deixou o local quando confrontado por Will.

Will ficou momentaneamente afetuoso, mas em seguida, coloca uma distância ainda maior entre eles. Mais tarde, ela confrontou Will, na esperança de conciliar, mas ele era cruel, a tratava como uma prostituta e revelou que ela era incapaz de ter filhos enquanto ela fosse uma feiticeira. Tessa saiu, magoada e confusa.[4]

Durante o próximo par de semanas, Tessa se tornou mais próxima de Jem, que se ofereceu para continuar levando Tessa em tour por Londres.

Tessa estava presente e era uma testemunha-chave, no julgamento de Charlotte Branwell em frente à Clave, sobre o ataque ao Instituto de Londres. Foi dada a Charlotte duas semanas para encontrar Mortmain ou ela teria de renunciar ao cargo de líder do Instituto, e ser substituída por Benedict Lightwood.

Tessa é acompanhada por Will e Jem, até o Instituto de York para encontrar Aloysius Starkweather, que pode possuir uma pista para o passado do Magistrado. Jem deu a ela o anel da Família Carstairs, para que ela pudesse fingir ser uma garota mundana, que estava noiva de Jem.

Tessa foi treinada por Gabriel Lightwood para defender-se, no caso de haver um ataque contra o Instituto de Londres.

Sophie Collins foi até Tessa com um convite para um baile de máscaras na Mansão Lightwood, dirigida a Jessamine de Nate. Jessamine bateu em Sophie quando ela viu Sophie com ele, então Sophie bateu nela com o espelho fazendo-a desmaiar. Tessa enviou Sophie a Will para pedir ajuda, e ele colocou uma runa de dormir em Jessamine para que ela não iria acordar até de manhã, e amarrou-a a sua cama como uma precaução. Tessa se tranforma em Jessamine, e Will acompanhou-a, para que ela pudesse esgueirar-se em casa Benedict Lightwood. Tessa encontrou Nate, que dançou com Jessamine, e lembrou que ela era agora "Jessamine Gray".

Na varanda da propriedade de Benedict Lightwood, Tessa e Will compartilharam um momento bastante íntimo, que foi interrompido por Magnus Bane. Ele foi a pessoa que ajudou-os a sair da casa.

Mais tarde, Tessa mais uma vez se transformou em Jessamine para se encontrar com Nate em um armazém. No entanto, isso foi uma armadilha, como Nate tinha reconhecido sua irmã. Depois, Tessa ficou gravemente ferida e Nate foi morto.

Jem pediu Tessa em casamento, e deu-lhe pingente de jade de sua mãe como um símbolo de seu compromisso. No entanto, Will chegou da casa Magnus depois que o demônio, Marbas, revelou que não havia nenhuma maldição sobre ele. Ele conversou com Tessa em privado e declarou seu amor por ela, mas ela o rejeitou e disse-lhe que estava noiva de Jem.[5]

Aprisionada pelo Magistrado

Algum tempo depois de semanas de preparação para o casamento, Tessa finalmente percebeu que ela era meio caçadora de sombras, meio-demônio — uma espécie inteira de híbridos imortais que Mortmain queria procriar com ela.

Ela foi sequestrada em um ataque ao Instituto na entrega de Jessamine da Cidade do Silêncio. A Sra. Black a levou para onde o Magistrado se refugiou em Cadair Idris perto da antiga casa de Will e Cecily. Will logo veio para resgatá-la, mas sua longa viagem foi em vão, pois ele ficou preso com ela. Naquela noite, na angústia de sua tristeza por saber da morte de Jem e sua crença de que morreriam no dia seguinte, ela e Will fizeram amor.

Tessa se transformando em Ithuriel

Na manhã seguinte, o resto dos Caçadores de Sombras do Instituto apareceu, acompanhado por Magnus Bane e três Irmãos do Silêncio: Enoch, Micah e Zachariah – que foi revelado como sendo Jem. Na batalha que se seguiu contra Mortmain e seus autômatos, Tessa se transformou em Ithuriel para proteger seus entes queridos e matar Mortmain. Transformar-se nele momentaneamente envolveu Tessa no fogo celestial do anjo, ao qual ela foi capaz de sobreviver devido ao seu sangue de Caçadora de Sombras e à proteção de Ithuriel.

Graças ao novo comando de Charlotte como Consulesa, ela conseguiu que Jem visitasse Tessa e cortasse os laços apropriadamente, embora um novo Irmão do Silêncio normalmente não tenha permissão para deixar a Cidade do Silêncio em seu primeiro ano. Durante a conversa, eles desfizeram o noivado, pois os Irmãos não podiam se casar, e planejaram se encontrar uma vez por ano na ponte Blackfriars para que pelo menos ainda se encontrassem. Jem também deu sua bênção para ela e Will ficarem juntos. E, depois de apoiarem um ao outro durante a perda de Jem e lentamente começar um namoro, Will a pediu em casamento no Natal e ela aceitou.[3]

Família Herondale

Tessa se casou com Will em 3 de março de 1880.[6] Juntos, eles tiveram dois filhos, James e Lucie, e passaram a dirigir o Instituto de Londres.

Por 25 anos após a Guerra Mecânica, Tessa, Will e seus amigos e familiares viveram em relativa paz em Londres. Os demônios se tornaram tão raros que eles foram capazes de viver uma vida quase mundana; tendo bailes e danças, festas de barco, partidas de críquete, etc. Eles podiam até mesmo tirar férias na mansão Herondale em Idris todo verão e visitar os pais de Will em ocasiões especiais.

Toda aquela paz finalmente chegou ao fim, é claro. Em 1903, Londres foi infestada por um demônio Mandikhor e sua prole de demônios Khora que eram imunes à luz do sol e trouxe um veneno para o qual os Caçadores de Sombras não tinham cura. Tessa concentrou seus esforços em ajudar a cuidar dos doentes enquanto eles estavam detidos na enfermaria do Instituto, enquanto os Irmãos do Silêncio procuravam por um antídoto. Como tal, foi Tessa quem encontrou a filha de Sophie, Barbara Lightwood, quando ela morreu por causa do veneno.

Pouco depois, os doentes foram transferidos para a Cidade do Silêncio e Tessa e sua família sofreram com a perda de Barbara. Logo o sobrinho de Tessa, Christopher, também adoeceu e a família ficou perdida. Felizmente, o elixir que Christopher estava desenvolvendo foi concluído por seu primo e o irmão de Bárbara, Thomas, mais tarde naquele dia. O filho de Tessa, James, com a ajuda de Cordelia Carstairs, também conseguiu derrubar o Mandikhor e enfrentar seu avô Belial, que estava por trás dos ataques. Tessa não ficou visivelmente chateada com a notícia da identidade de seu pai, uma vez que ela vinha tentando descobrir por alguns anos e estava satisfeita em finalmente saber; e grata por seu filho ter sobrevivido ao encontro.

Na reunião do Instituto com a Consuelesa para discutir os ataques recentes, Tessa ficou chocada com as acusações de Tatiana Blackthorn de que James havia orquestrado toda a provação e incendiou a mansão Blackthorn para destruir suas evidências disso. Ela segurou Will com firmeza enquanto o assunto era debatido e questionado. Seu espanto aumentou com a confissão de Cordelia de que James estivera em seu quarto na noite do incêndio. Em particular, Will expressou seu desapontamento com James em seu tratamento com as mulheres antes de ser cortado com a notícia de que James e Cordelia estavam noivos. Eles estavam emocionados por ter Cordelia como sua futura nora, mas Tessa repreendeu Will por concentrar sua emoção no simples fato de ela ser uma Carstairs. Tessa então apressadamente organizou uma tradicional festa de noivado para eles celebrarem apropriadamente.[7]

Tessa e Sona trabalharam muito para planejar um grande casamento para James e Cordelia. Na recepção, ela ajudou a distrair os convidados após o surto de Elias e depois deu companhia e conforto a Cordelia. Ela e Will presenteou-os com uma casa na Curzon Street, uma carruagem e Xanthos como presentes de casamento.

Algumas semanas depois, ela e Will viajaram para Paris para resolver um problema lá. Charles – que havia assumido como diretor temporário do Instituto de Paris – tinha se esquecido de convidar o clã de vampiros da Marselha para uma reunião dos clãs de vampiros da França. O clã acreditava que era intencional e se ofendeu porque Charles não se desculpou, então Will e Tessa entraram em ação para resolver os problemas, pois eram respeitados no Submundo. Eles trouxeram com eles a Espada Mortal como uma demonstração de boa fé e honestidade.

Assim que as coisas foram esclarecidas lá, eles correram para casa com a Espada para que Thomas fosse julgado, pois ele havia sido preso sob suspeita de assassinato. Depois que Thomas foi provado inocente, Leviatã atacou o Instituto enquanto tentava cruzar o mundo e ela lutou ao lado de sua família e amigos. Depois da batalha, ao tentar descobrir como isso tinha acontecido, Maurice Bridgestock acusou Tessa e sua prole de serem o problema por terem sangue de demônio e estar entre os Caçadores de Sombras. Seu filho a defendeu e explicou que outro demônio estava por trás dos assassinatos e os usando para invocar Leviatã. Ele planejava contar a ela e a Will toda a verdade – que era Belial – mais tarde.

Naquela noite, ela e Will foram visitados em seu quarto por Jessamine, que os informou sobre as habilidades necromânticas de Lucie. Ela foi inicialmente cética em relação às afirmações de Jessamine, mas concordou com Will quando ele decidiu falar com ela.[8]

Morte de Will

Tessa ficou com Will até sua morte em 1937. Depois, ela deixou Londres e ficou em Paris por dez anos. Ela dividiu um apartamento com Magnus durante os primeiros cinco anos, e ele, junto com seus amigos Catarina Loss e Ragnor Fell, ajudou-a a lidar com suas perdas.[3] Durante este período, ela teve uma breve estada com Catarina em Londres para a Segunda Guerra Mundial. Apesar de seus filhos continuamente lhe pedirem para ir para Nova York, ela e Catarina dividiam um pequeno apartamento e trabalhavam como enfermeiras em um hospital próximo, St. Bart. Ela estava quase grata pela guerra, uma vez que lhe deu algo útil para fazer que a manteve distraída de sua dor. Felizmente, ela estava lá quando o Irmão Zachariah foi ferido e levado até lá. Depois de quase morrer, os dois encontraram o caminho de volta um para o outro, pois ele havia mantido distância, sentindo que não poderia confortar sua dor. Foi naquela noite que Tessa soube que havia uma linhagem perdida de Herondales em algum lugar lá fora, e ela pediu para fazer parte de sua busca para encontrá-los, por Will.[9]

Embora ela esperasse não ter que passar pela dor de ver seus próprios filhos envelhecerem e morrerem,[3] ela permaneceu em contato e ainda visitava eles e seus netos com frequência.[10] Ela também voltou a usar 'Gray' como seu sobrenome.[11]

Refúgio no Labirinto

Tessa começou a viajar em um algum ponto, ficando particularmente por um bom tempo, em Los Angeles, onde ela mantinha um olho nos descendentes de sua filha, os Blackthorn, de longe.

Dois anos depois da Ascensão, Tessa estava hospedada com Magnus, em Nova York, quando Jocelyn Fairchild chegou e pediu a Magnus para proteger sua filha, Clary. Tessa, no lugar de uma Irmã de Ferro então realizou o ritual das crianças Caçadoras de Sombras em Clary com o Irmão Zachariah. Feliz em conhecê-la, Jocelyn assumiu o sobrenome "Fray", uma junção de Fairchild e Gray, em honra da amizade de Tessa com seus antepassados.[10]

Entristecida pela Ascensão, e o pensamento de que os Herondale, a linhagem dela e de seu marido, tinham ido embora, Tessa recuou para o Labirinto Espiral e passou a maior parte de seu tempo lá, longe do resto do mundo e seus problemas. Em vez disso, ela se concentrou em sua pesquisa como um feiticeiro mais erudito, ajudando os Nephilim de vez em quando.

Em setembro de 2007, Tessa participou e lutou na Guerra Mortal em Alicante.[12] Algum tempo depois da batalha, ela descobriu que o filho de Stephen Herondale, Jace, estava de fato vivo. Ela esperava falar com ele, embora Magnus disse-lhe para dar-lhe algum tempo para aceitar a sua própria linhagem antes de sobrecarregá-lo com o passado. Ao falar com Magnus, Clary notou e mesmo vagamente se lembrou dela, pensando que ela era familiar, mas não se lembrava de quando. Nessa altura, Tessa estava vestindo branco, de luto por determinadas mortes, como a de Ragnor[13]. Tessa voltou para o Labirinto depois.[14]

Não muito depois de seu retorno ao Labirinto, eles ouviram a notícia de um culto chamado Mão Escarlate envolvido em várias mortes e desaparecimentos. Eles enviaram Tessa para se infiltrar no culto, personificando um de seus membros. No entanto, enquanto em sua sede, ela foi exposta a uma poção que a fez perder o controle de suas habilidades de mudança de forma. Ela conseguiu escapar, mas por pouco, e teve que ser tratada de seus ferimentos por Catarina.

Eles então ouviram rumores de que o novo líder do culto que os havia colocado em forma era seu fundador original: Magnus Bane. O Labirinto Espiral queria ir até os Caçadores de Sombras e entregá-lo, mas Tessa implorou que eles dessem a ele uma chance de parar o culto e provar sua inocência. Quando eles concordaram, Tessa foi a Paris para emitir a intimação sobre Magnus e explicar todas as informações que ela sabia que podia ajudá-lo.

Alguns dias depois, Magnus chamou Tessa para lhe contar a história completa de sua aventura em acabar com a Mão Escarlate. Depois que ele terminou, Tessa – que apareceu como uma Projeção – disse que não daria ao Labirinto Espiral todos os detalhes e, na verdade, contaria a eles algo totalmente diferente, mas que ainda assim limparia Magnus de qualquer culpa. Antes de ela partir, Magnus pediu-lhe conselhos sobre como namorar Caçadores de Sombras, aos quais ela tentou ajudar e desejou-lhe o melhor.[15]

Ciclo Completo

Em janeiro de 2008, durante o seu encontro anual na Ponte Blackfriars, Jem surpreendeu ao chegar como um mortal, não mais um Irmão do Silêncio nem dependente de seu yin fen uma vez ele foi curado por Jace Herondale e seu fogo celestial. Embora surpresa, Tessa recebeu-o de volta para sua vida de todo o coração, e os dois reacenderam sua relação, compartilhando um beijo na ponte. Eles concordaram em ver o mundo juntos, e Jem lhe contou a "história de Lightwoods e Herondales e Fairchilds".

Em maio, eles compareceram ao casamento de Jocelyn e Luke. Lá, Jocelyn formalmente apresentou-a a Clary, que a reconheceu muito pouco. Durante a conversa, Tessa disse a Clary que sentia uma afinidade para com as suas famílias, e deu-lhe sua cópia do Códex dos Caçadores de Sombras, bem como o anel da Família Herondale que havia sido de seu filho, James, para que ela passasse para Jace. Enquanto Jace havia aceitado, finalmente, o nome Herondale, ela e Magnus, ainda optaram por dar-lhe um pouco mais de tempo para se adaptar e ser feliz sozinho.[14]

Eventualmente, Jem e Tessa se casaram em uma cerimônia mundana – acreditando que uma verdadeira colocaria seus amigos e familiares em perigo. Em 2010, Magnus decidiu usar a oniromancia para fazer um casamento de sonhos para eles. As almas de seus entes queridos puderam comparecer e ficar seguras, mas eles não se lembrariam como o casal e Magnus se lembrariam. Magnus oficiou e eles o fizeram na Ponte Blackfriars em Londres. No final do sonho, o espírito de Will apareceu para parabenizá-los.[16]

Embora eles tivessem encontrado o Herondale Perdido – uma linhagem descendente de Tobias Herondale – muitos anos atrás, Tessa e Jem ainda estavam procurando descobrir por que ela tinha que ficar escondida.[17] Em 2012, eles encontraram uma pista no Mercado das Sombras de Buenos Aires que poderia dizer mais sobre a ameaça. Com a ajuda de Alec Lightwood, eles foram capazes de obter acesso ao Mercado das Sombras e falar com a Mãe Hawthorn. Ela contou a eles a história do Primeiro Herdeiro e como ela se apaixonou por Roland Loss. Como o Rei Unseelie enviou os Cavaleiros de Mannan para matá-la para manter a profecia de "Faerie caindo nas sombras" quando ela alcançasse seu segredo de poder total. Que eles ainda perseguem sua linhagem até hoje para evitar que se torne realidade.[18]

Eles logo começaram sua busca por ela novamente, preocupados que ela não soubesse o verdadeiro perigo em que estava e precisasse ser avisada. A busca culminou em agosto de 2012, quando Rosemary os procurou. Embora eles tivessem chegado tarde demais para salvá-la, com seu último suspiro ela pediu que eles salvassem seu filho. Depois de se transformar nela, Tessa conseguiu uma pista de onde ele poderia estar e, seguindo essa pista,[19] o casal explorou o Mercado das Sombras.[20] Seu poder de se transformar atuou durante a viagem. Depois de ser fatalmente ferida, Tessa se viu presa na transformação, o que ao final a salvou da morte, e o Irmão Enoch a informou que era porque ela estava grávida.[19] Tessa esperou até que salvassem Kit Herondale e o depositassem em segurança no Instituto de Los Angeles com Emma e os Blackthorn antes de contar a Jem.[20][19]

Tessa foi momentaneamente afetada pela doença que afetava os feiticeiros causada pela praga. Ela e Jem procuraram uma cura, mas sua própria condição atrasou a busca.[21] Eventualmente, Tessa se recuperou, provando ser a única feiticeira imune à doença, e ela dedicou seu tempo para encontrar uma cura no Labirinto Espiral. Quando a cura foi encontrada por Emma e Julian, Tessa pediu a Emma para cuidar de Kit e mantê-lo longe da batalha. A precaução falhou quando, durante a batalha contra a Tropa, Kit enfrentou os Cavaleiros de Mannan e liberou sua magia, embora eles conseguissem encobrir o ato como sendo de Ragnor Fell.

Tessa visitou Kit na Cidade do Silêncio, onde o mantiveram após a batalha durante os momentos em que avaliaram a ameaça à sua identidade, então pediram que ele se mudasse com ela e Jem para Devon e fizesse parte da família deles. Tessa ficou surpresa, mas feliz por ouvir Kit aceitar, e eles foram embora logo depois.[22] Eles se mudaram para a casa de Jem, Cirenworth, em Devon, Inglaterra.

Em março de 2013, Tessa entrou em trabalho de parto no conservatório, com Jem tocando seu violoncelo para tentar acalmá-la enquanto ela andava pela sala. Naquele momento, o fantasma de Livvy Blackthorn entrou sem o conhecimento de ninguém na sala e começou a pensar em entrar na filha ainda não nascida de Tessa para ter uma chance de ter uma segunda vida. A voz de Ty, no entanto, a chamou de volta à realidade; em seu choque e angústia, ela fez as paredes do conservatório explodirem, alarmando Tessa e Jem, que pensavam que poderiam ser demônios. Magnus Bane apareceu e, percebendo Livvy, garantiu que tudo estava bem. Depois de aceitar algumas ervas dele, Tessa permitiu que Jem a levasse de volta para a casa, onde mais tarde deu à luz sua filha. Eles a nomearam Wilhelmina, em homenagem ao seu amado Will, com o apelido Mina.[23]

A família de Tessa e Jem, que agora incluía Kit e Mina, entrou em uma espécie de rotina. Ela e Jem continuaram cuidando fazendo Kit se sentir amado e confortável, ajudando-o a aceitar suas perdas.[24]

Personalidade e Traços

Tessa é uma pessoa inteligente. Ela é corajosa e de temperamento forte, e é incrivelmente carinhosa. Enquanto ela é geralmente calorosa, gentil e compreensiva, Tessa às vezes pode ser muito teimosa. Ela também é extremamente curiosa e intensamente determinada quando decide ser.

Descrição Física

Tessa tem cabelos castanhos ondulados espessos e macios, olhos cinza-azul de aço, um rosto oval, e um corpo esbelto. Ela mede 1,75m – consideravelmente mais alta do que a maioria das meninas e meninos de sua idade (antes dela parar de envelhecer) na época. Enquanto ela costumava pensar-se mediana, vários de seus amigos notaram que Tessa é bela; não convencionalmente bonita, mas gentilmente atraente. Sendo imortal, Tessa parou o envelhecimento jovem e aparece como um jovem em seus vinte e poucos anos.

De acordo com Aloysius Starkweather, ela é muito parecida com sua avó materna – a nora dele.

Habilidades e Competências

  • Imortalidade: Tessa é imortal, tendo mantido a sua aparência jovem desde o século 19.
  • Magia: Depois de ganhar a capacidade de executar magica básica de feiticeiro,[25] Tessa começou a praticar magia ao longo dos anos e ainda passou algum tempo pesquisando entre os feiticeiros do Labirinto Espiral.[26][27][14]
  • Transformação: Como filha de um Demônio Eidolon, ela herdou a habilidade de mudar; o poder demoníaco de mudar de forma em outra pessoa. Ao contrário de demônios Eidolon comuns como a Sra. Dark, Tessa pode se tornar quem ela quiser se transformar através do contanto com algum objeto físico deles quando ela se transforma neles pela primeira vez. Ela atinge a Transformação através da ligação com uma impressão psíquica ou remanescente de uma pessoa contida dentro de um objeto. Ela também pode alterar através da ligação com a alma de uma pessoa, como ela fez quando ela se transformou no Anjo Ithuriel. Além de sua presença física, Tessa também é capaz de tocar a mente de uma pessoa e acessar suas memórias e pensamentos quando muda, tendo suas memórias, maneirismos, e habilidades.
    • Após os eventos em Cadair Idris, os poderes de Tessa mudaram devido ao fogo celestial. Por muitos anos depois, a mudança de forma lhe causou grande dor e ela optou por não fazê-la.[7]

Pertences

  • Anjo mecânico: o pingente mecânico foi projetado para protegê-la. Foi dado a mãe de Tessa por Mortmain. Ele continha a alma de Ithuriel e quando o anjo foi libertado, Tessa parou de usar o colar.[28]
  • Pingente de Jade: o pingente verde-esbranquiçado que Jem deu a Tessa quando ele a pediu em casamento. Foi dado primeiro a sua mãe, por seu pai. Tem caracteres chineses esculpidos nele que se traduz em "Quando duas pessoas estão como um só em seus corações intimamente, eles rompem até mesmo a força do ferro ou bronze," a partir do I Ching, o Livro das Mutações.
  • Pulseira de pérolas: a pulseira que Tessa usava em seu casamento com Will. As runas de casamento foram colocadas sobre a pulseira em vez de sua pele. Em seu trigésimo aniversário de casamento, Will o revestiu com pérolas.
  • Cristal de alétheia dourado: um cristal de alétheia dado a Tessa por Will para seu quinquagésimo aniversário de casamento, no qual Magnus o ajudou a capturar uma memória feliz. Ela sempre o mantém com ela conforme se muda.[29]

Relacionamentos

Romances

Eu não poderia ter amado Will tanto se não tivesse amado você também. E eu não poderia amar você como eu amo se não tivesse amado Will como eu amei.

–Tessa sobre seu amor por Will e Jem, Princesa Mecânica

Tarot Runes 2.jpg

Will foi o primeiro Caçador de Sombras que Tessa conheceu. Will começou tentando manter distância de Tessa, sob a crença de que ele estava amaldiçoado a por a vida daqueles que amava em perigo; quando isso foi desmentido, no entanto, Will imediatamente confessou seus verdadeiros sentimentos por ela. Porém era tarde demais, já que ela acabara de aceitar a proposta de casamento de Jem.

O par consumou seu relacionamento quando ambos pensavam que Jem estava morto e que eles estavam morrendo. Quando eles sobreviveram à provação e retornaram ao Instituto, Will cortejou-a e acabou propondo a ela. O casal se casou e teve dois filhos e permaneceram juntos até a morte de Will, e Tessa não amou nenhum outro - além de Jem - mesmo décadas depois de sua morte.

Tarot Runes 10.jpg

Jem Carstairs é o atual marido de Tessa. Antes de se juntar aos Irmãos do Silêncio, eles estavam noivos. Quando Jem foi restaurado ao seu antigo eu, mortal, ele se encontrou com Tessa na Ponte Blackfriars. Quando ela descobriu que Jem não tinha intenção de retornar à sua vida como um Caçador de Sombras, e quando Jem foi incapaz e temia dizer a ela como ele estava se sentindo na época, ela pediu a ele para estar com ela e viajar pelo mundo juntos. Eles imediatamente retomaram o relacionamento e se casaram mais de um ano depois.

Mais tarde, eles tiveram uma filha, Mina Carstairs, e adotaram Kit Herondale – a quem passaram muitos anos procurando.

Amigos

Charlotte Fairchild era a diretora do Instituto de Londres quando Tessa chegou. Ela teve a gentileza de deixar Tessa entrar no Instituto e deixá-la ficar lá, mesmo que ela não fosse uma Caçadora de Sombras. Elas formaram uma grande amizade e Tessa fez o que pôde para ajudar Charlotte a manter seu controle sobre o Instituto. Com o passar dos anos, as duas se tornaram como uma família. Assim, seus filhos se referiam a outra como "tia", apesar de não haver sangue compartilhado entre eles. Eventualmente, o filho mais novo de Charlotte se tornou parabatai com o filho de Tessa, James, e elas não poderiam ficar mais felizes.

Henry é alguém que Tessa passou a pensar como família. Embora os dois raramente passassem algum tempo juntos, ela confiava nele o suficiente para permitir que ele emprestasse o colar de relógio de sua mãe e o devolvesse em segurança.

Sophie Collins era empregada no Instituto de Londres quando Tessa chegou lá. Ela foi muito gentil com Tessa e elas se tornaram amigas íntimas e podiam confiar uma na outra. Eventualmente, elas se tornaram melhores amigas, o que durou muito, durante a ascensão de Sophie e anos de idade.

Junto de outros feiticeiros, como Catarina Loss e Ragnor Fell, Tessa se tornou muito próxima de Magnus Bane. Por cinco anos após a morte de Will, Tessa morou com Magnus e ele a ajudou a lidar com a perda de Will. Muitos anos depois, Tessa chamou Magnus para ajudar no nascimento de sua filha Mina Carstairs.

Família

Tessa costumava ter um bom relacionamento com Nate até que ele cresceu amargo e insatisfeito com sua vida. Ele tornou-se aparentemente indiferente para ela, mesmo dispostos a sacrificar a sua livre vontade, em troca de seu sucesso, uma revelação que chocou e a machucou. Apesar disso, Tessa amava o irmão adotivo carinhosamente e lamentou a sua morte, e até mesmo Nate parecia expressar algum remorso antes disso.

Harriet era tia de Tessa, embora não pelo sangue, um fato que não sabia durante o seu tempo juntos. Harriet criou-a amorosamente, como ela fez com seu próprio filho, após a morte de Elizabeth.

Os pais de Tessa morreram quando ela era muito jovem. No entanto, os poucos anos que a criaram foram de puro amor. Em algum momento, eles souberam do que havia sido feito com sua mãe e o que ela era, mas ainda a amaram e cuidaram dela, querendo apenas mantê-la segura. Depois de se tornar mãe, ela enviou Jem em uma missão para descobrir quem era seu verdadeiro pai. Embora Jem não pudesse descobrir, logo foi revelado que seu pai demoníaco era o Príncipe do Inferno Belial. Tessa não demonstrou emoção ao descobrir, simplesmente dizendo que pelo menos agora eles sabiam.

Tessa eventualmente se reconectou com alguns de seus descendentes depois de anos de se separar deles. Ela já conheceu Jace e Kit Herondale – o último dos Herondale diretamente descendente de Will e seu filho, James – assim como os jovens Blackthorn de Los Angeles, descendentes de sua filha, Lucie.

Inimigos

Axel Mortmain (também conhecido como Magistrado), queria se casar com Tessa e mandou as Irmãs Sombrias treiná-la para que ela pudesse estar pronta para ele. Tessa foi resgatada da Casa Sombria por Will Herondale, e Mortmain ficou muito bravo com as Irmãs Sombrias porque ele queria (e precisava de, em sua opinião) Tessa para si. Ele atacou os Caçadores de Sombras e, eventualmente, capturou Tessa para se casar com ela e também para usar como a chave final em seu plano. Mais tarde, ela se transformou no anjo Ithuriel e o destruiu por tudo que ele tinha feito e planejado fazer.

Aparições

Galeria

Veja mais aqui

Curiosidades

  • Tessa odeia chocolate.[4]
  • Devido a seu sangue de Caçadora de Sombras, Tessa é aparentemente imune aos efeitos nocivos das runasem outros seres. Charlotte que eles tentaram usar runas de cura nela e a tinta apenas penetrou em sua pele.[3]
  • Depois que Will se tornou diretor do Instituto, Tessa começou a redecorar e reformar grande parte do Instituto.[7]
    • Enquanto fazia isso, ela descobriu um esconderijo de cartas escandalosas entre os pais de Charlotte; que ela só mostrou para Will.[30]
  • Quando estava perto de estranhos, Tessa se encantava para parecer mais velha e aparentar ter a mesma idade de Will.[31][32][33]
  • Em seu trigésimo aniversário de casamento,[3] Will pegou a pulseira que Tessa usou em seu casamento, que trazia as runas de casamento que ela não podia, e mandou redesenhar com pérolas.[34]
  • Tessa sempre usou o bracelete de pérolas dado a ela por Will em seu trigésimo aniversário e o colar de jade dado a ela por Jem quando ele a pediu em casamento.
  • No século 21, Tessa aparentemente tem cerca de cinquenta descendentes vivos.[35]
  • Tessa escolhe usar seu "nome de feiticeira", um sobrenome de uma única sílaba, Gray, como ela não quer ser identificada como uma Caçadora de Sombras, apesar de tecnicamente ser uma Starkweather de nascimento, e uma Herondale e Carstairs pelo casamento.[35]
    • Ao contrário da maioria dos feiticeiros, o sobrenome de Tessa, "Gray", é o nome que foi dado a ela no nascimento, ao invés de um que ela criou para si mesma.
  • Jocelyn Fray formou seu sobrenome mundano "Fray", fazendo uma junção de Fairchild e Gray, como uma homenagem a Tessa e sua estreita relação com os Fairchild.[10]
  • Enquanto estava de luto por Will, Tessa perguntaria a Jessamine se esta sabia onde Will estava. Ela respondia que não sabia o que viria depois da morte, mas que Will não se demorou e seguiu em frente.[21]
  • O sabor favorito de sorvete de Tessa é gengibre.[36]
  • A data do casamento de Tessa e Will foi inicialmente marcada para 9 de março de 1879;[37]. No entanto, mais tarde, ela mudou a data para 3 de março de 1880.[38]
  • Tessa fala enquanto dorme.[18]
  • Durante seu tempo vivendo com Magnus após a morte de Will, a dupla desenvolveu rotinas. Embora ela eventualmente tenha se mudado quando percebeu que o estilo de vida extravagante de Magnus não era para ela.[39]

  • Tessa, como Clary, é a principal protagonista e narradora na série de livros de Cassandra Clare. No primeiro livro, ambas são atacadas e nocauteadas por demônios e são trazidas para o Instituto por um de seus potenciais interesses amorosos, especialmente Will para Tessa e Jace para Clary. Ambos também acham seus interesses amorosos tocando um instrumento musical em uma sala no Instituto; Jem estava tocando violino, e Jace estava tocando piano, e ambos confundiram as meninas por seus parabatai antes de vê-la.
  • O sobrenome original de Tessa era Fell, antes de o nome ser dado a Ragnor Fell.[40]

  • Referências

    1. Edição de 10º Aniversário de Clockwork Angel
    2. Altura dos personagens — Cassandra Clare no Twitter
    3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 Princesa Mecânica
    4. 4,0 4,1 4,2 Anjo Mecânico
    5. Príncipe Mecânico
    6. "A data correta é 3 de março de 1880." Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    7. 7,0 7,1 7,2 Corrente de Ouro
    8. Corrente de Ferro
    9. Um Amor Mais Profundo
    10. 10,0 10,1 10,2 A Última Batalha do Instituto de Nova York
    11. "Ela muda novamente quando Will morre," Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    12. Depois da Ponte, de Cassandra Clare no Tumblr
    13. Cidade de Vidro
    14. 14,0 14,1 14,2 Cidade do Fogo Celestial
    15. Os Pergaminhos Vermelhos da Magia
    16. Nos Sonhos Começam, um extra de O Livro Branco Perdido
    17. Os Perversos
    18. 18,0 18,1 A Terra Que Perdi
    19. 19,0 19,1 19,2 Através do Sangue, Através do Fogo
    20. 20,0 20,1 Dama da Meia-Noite
    21. 21,0 21,1 Senhor das Sombras
    22. Rainha do Ar e da Escuridão
    23. O Mundo Perdido
    24. Para Sempre Caídos
    25. Senhoras e seus poderes, Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    26. O Herdeiro da Meia-Noite
    27. Longas Sombras
    28. Coisa morta, Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    29. Boletim Informativo do Shadowhunter Army de Junho de 2021 Eua-icone.png
    30. Boletim de Notícias do Shadowhunter Army de Dezembro de 2020 Eua-icone.png
    31. Pergunta respondida por Cassandra Clare no Twitter Eua-icone.png
    32. Perguntas TLH, Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    33. Pergunta respondida por Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    34. Runa de União Matrimonial, Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    35. 35,0 35,1 Parentes de sangue, Cassandra Clare no Tumblr Eua-icone.png
    36. Boletim de Notícias da Shadowhunters Army de Agosto de 2019 Eua-icone.png
    37. Teaser de Chain of Gold, convite de casamento — Cassandra Clare no Instagram Eua-icone.png
    38. ´Snippet no Tumblr de Cassie Eua-icone.png
    39. Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo
    40. Entrevista; uma das primeiras descrições; declaração do site do artista Eua-icone.png
    Feiticeiros
    Aldous Nix † | Alta Feiticeira da Cidade do México | Anne Shade † | Baba Agnieszka | Barnabas Hale | Catarina Loss | Clancy | Dominique du Froid † | Elias † | Elphas | Emmanuel Gast † | Filho da Juliette | Hypatia Vex | Isaac Laquedem |
    John Shade † | Kwasi Bediako | Leopolda Stain † | Madran | Mãe da Dorothea | Magnus Bane | Malcolm Fade † | Marvin | Max Lightwood-Bane | Mei | Mori Shu † | Mãe da Dorothea † | Ragnor Fell | Shinyun Jung | Sra. Black † | Tessa Gray
    Família Carstairs
    Alastair Carstairs | Cordelia Carstairs | Cordelia Townsend † | Elias Carstairs | Emma Carstairs | Jem Carstairs |
    John Carstairs † | Jonah Carstairs † | Ke Wen Yu † | Mina Carstairs | Owen Herondale † | Sona Carstairs | Tessa Gray
    Família Herondale
    Alexander Lightwood | Amatis Herondale † | Anna Lightwood | Auraline | Cecily Herondale | Christopher Lightwood | Cordelia Carstairs | Céline Herondale † | Edmund Herondale † | Ella Herondale † | Ephraim Loss † | Ethelred, o Herondale | Eva Blackthorn † | Gabriel Lightwood | Imogen Herondale † | Jace Herondale | James Herondale | Kit Herondale |
    Linette Herondale † | Lucie Herondale | Lydia Kingsmill † | Marcus Herondale † | Owen Herondale † | Pai do Tobias † | Roland Loss | Rosemary † | Stephen Herondale † | Tessa Gray | Tobias Herondale | Will Herondale † | William Herondale
    Família Moore
    Elizabeth Gray † | Elizabeth Moore † | Harriet Moore † | Nate Gray † | Richard Gray † | Tessa Gray
    Família Starkweather
    Aloysius Starkweather † | Elizabeth Gray † | Elizabeth Moore † | Hodge Starkweather † | James Herondale |
    Lucie Herondale | Mina Carstairs | Tessa Gray
    Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
    Advertisement