Wikia Shadowhunters BR
Advertisement
Wikia Shadowhunters BR
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo de O Livro Branco Perdido a seguir. Aconselhamos atenção!

Samael está entre os originais e mais poderosos dos Demônios Maiores, particularmente um anjo caído da mais alta ordem, junto com Lúcifer e Azazel. Ele é creditado como uma parte responsável pelo começo da Incursão.

História

Acredita-se que Samael tenha sido criado quando o mundo começou.[1] Ele já foi um anjo, afastado do Céu e se tornou um Demônio Maior, um general do exército do Inferno.[2] Ele conheceu Lilith, que eventualmente se tornou sua companheira.[3] Acredita-se que ele tomou a forma de uma grande Serpente e tentou Adão e Eva no Jardim do Éden.

Incursão

De acordo com a lenda, ele e Lilith perambularam livremente, criando outros demônios menores. Eles se acasalaram com humanos e criaram feiticeiros, e acredita-se que se acasalaram com anjos para criar fadas. Juntos, em torno de 1000 d.C., o par executou um ritual demoníaco muito poderoso que só poderia ser realizado uma vez e nunca mais. O ritual afetou o Pandemônio e fortaleceu massivamente toda a resistência da raça demoníaca à toxicidade do mundo dos seres humanos, bem como enfraqueceu e diluiu drasticamente parte das barreiras que protegem o mundo do Vazio, destacando pontos desgastados e criando buracos neles. Isso permitiu que um grande número de demônios começassem a aparecer no véu em todo o mundo, tentando devorar a vida ao seu redor. Este evento tornou-se conhecido como a Incursão, o início do período de invasão em larga escala do mundo por demônios.

Este evento levou a eventual criação dos Nephilim. Por causa desse ato, ele foi caçado e morto pelo arcanjo Miguel com sua espada, Gloriosa. Ele não foi visto na Terra ou no Vazio há quase mil anos, e acredita-se amplamente que esteja morto, ou pelo menos destruído temporariamente, somente levando séculos para se reformar no Vazio.[1]

Retorno

Samael passou muitos séculos reformando-se lentamente no Vazio; tentando lutar para se livrar das trevas para se reunir a seu amor, Lilith.

Por volta de setembro de 2007, Samael estava perto de retornar à sua forma plena e estava procurando alguém para ajudá-lo a encontrar um reino para recuperar seu poder. Ele ouviu sobre o feiticeiro Ragnor Fell e planejou alcançá-lo como o maior especialista do mundo em magia dimensional. Ragnor percebeu o interesse de Samael por ele e decidiu fingir sua morte e ir viver na clandestinidade.

Cerca de um mês depois, Sammael ouviu o grito doloroso de Lilith quando sua forma foi destruída pela Marca de Caim de Simon Lewis. O poder de sua raiva foi suficiente para fazer Samael recuperar sua verdadeira forma, embora ele ainda fosse incapaz de retornar à Terra. Lilith contou a ele, enquanto desvanecia, a história de sua morte e que ela iria embora por um bom tempo. Ao ouvir a história de sua amada, ele fez dois votos: que terminaria o que havia começado com a Incursão; e que ele cuidaria pessoalmente de que o assassino de Lilith sofresse por seus crimes.

Algum tempo depois disso, ele fez contato com a feiticeira Shinyun Jung, que havia sequestrado o feiticeiro que ele procurava, Ragnor Fell. Shinyun jurou fidelidade a ele e a enviou para encontrar o Svefnthorn e sintonizá-lo a ele. Ele fez Shinyun apunhalar Ragnor duas vezes para aumentar seu poder e forçá-lo a tomar o terceiro espinho para evitar a morte. Uma vez esfaqueado três vezes, Ragnor estava completamente sob seu controle e disposto a cumprir suas ordens. Shinyun pediu para ser apunhalada também e ele permitiu.

Ragnor eventualmente encontrou uma dimensão de inferno para Samael: Diyu – um inferno chinês que costumava torturar almas antes de seu renascimento. Samael tomou a dimensão abandonada como sua e reivindicou todos os seus residentes. Ele esperava que a dimensão funcionasse uma vez que antes tinha que ser um dínamo de energia demoníaca, mas por ter sido abandonada por tanto tempo, não funcionou. Em vez de confiar no reino para manifestar a energia de que precisava para retornar, ele teve que recorrer a outros meios. Em 2010, Samael fez Shinyun e Ragnor comprarem livros de feitiços e componentes no Mercado das Sombras de Xangai para contornar as proteções do Taxiarca que o mantinham longe da Terra. Mais tarde, ele fez com que roubassem o Livro Branco de Magnus Bane para ajudar nesses esforços.

Porque Shinyun tinha tomado a decisão de utilizar o espinho em Magnus – sem as ordens de Samael – ele e seus amigos Caçadores de Sombras, Alec e Isabelle Lightwood, Jace Herondale, Clary Fairchild e Simon Lovelace (nascido Lewis), logo viajaram para Diyu para parar seus planos. Quando eles passaram pelo Portal, Samael sequestrou Simon para torturá-lo como vingança por destruir Lilith. Sua vingança irritou Shinyun como uma distração boba e fez Shinyun questionar seu poder. Ela liderou o grupo para resgatar Simon em um esforço para colocar Samael de volta nos trilhos. No entanto, ele se distraiu mais uma vez depois que Magnus libertou Ragnor de seu poder com o Heibai Wuchang. Então, quando Magnus foi libertado do poder do Svefnthron, Shinyun tomou a bola do poder para si e se transformou em um Demônio Maior. Ela recuperou sua lealdade a Samael, pois acreditava que ele era fraco e dependente de outros para ter poder. Ela determinou que governaria a si mesma e começou a destruir Diyu. Samael pareceu não se incomodar com essa reviravolta nos acontecimentos; na verdade, ele pareceu divertido. Ele prontamente deixou Diyu para encontrar outro reino para reivindicar.

Algum tempo depois, Samael reuniu os outros Príncipes do Inferno para falar sobre Lúcifer e a união para cumprir seu objetivo em comum.[4]

Descrição Física

Em sua forma humana, ele aparece como um homem jovem e franzino com rosto estreito. Ele parece se vestir com roupas mundanas dos dias de hoje, com exceção de seu chapéu tirolês de feltro verde que tem uma pena de fênix dourada de 30 centímetros enfiada na faixa.[4]

Aparições

Galeria

Curiosidades

Referências

Demônios
Príncipes do Inferno
Asmodeus | Astaroth | Azazel | Belial | Belphegor | Leviatã | Lúcifer | Mamon | Samael
Demônios Maiores
Abbadon | Agramon | Baal | Baigujing | Cabeça de Boi | Cara de Cavalo | Fome | Hecate | Lilith | Marbas | Moloch |
Shinyun Jung | Sra. Dark | Stheno | Yanluo
Demônios Indivíduos
Agaliarept | Armaros | Demônio de Cabelo Azul | Demônio de Whitechapel | Elyaas | Hua Zhong Xian Irmão do Sabnock | Marax | Mirek | Namtar | Sabnock | Thammuz
Espécies
Achaieral | Ala | Amphisbaena | Asmodei | Asuras | Baigujing | Behemoth | Cecaelia | Cerberus | Cherufe | Croucher |
Cão Infernal | Dahak | Dantalion | Deumas | Diabinho | Dragonidae | Drevak | Du'sien | Eidolon | Elapid | Eluthied | Elytra | Forneus | Halphas | Harpia | Hydra | Iblis | Jiangshi | Kappa | Kravyād | Kuri | Makara | Mandikhor | Mantid | Moloch | Morax | Oni | Palpis | Rahab | Raum | Ravener | Scorpios | Shax | Shinigami | Teuthida | Vermithrall | Vetis | Xiangliu | Zhizhu-jing
Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
Advertisement