FANDOM


Outras versões
ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!
Você não pode entender. Nunca teve um filho. Não se ama ninguém como se ama os filhos.

–Maryse para Jace, Cidade das Cinzas

Maryse Lightwood é uma Caçadora de Sombras e antiga diretora do Instituto de Nova York que foi exilada de Idris, como punição por seu envolvimento com o Ciclo no início dos anos 1990. Ela é a ex-mulher do Inquisidor Robert Lightwood e a mãe de Alec, Isabelle e Max, assim como a mãe adotiva de Jace.

Biografia

Vida Pregressa

Maryse Trueblood nasceu em Idris dos Trueblood Adam e Marisa em 30 de outubro de 1968.[1] Ela foi criada em Idris ao lado de seu irmão mais velho, Max. Em algum momento de sua vida, seu irmão deixou a Clave, escolhendo deixar sua vida de Caçador de Sombras e viver como um mundano para casar com uma; essa decisão fez Maryse um pária entre seus iguais.[2]

Quando criança, Maryse era muito pequena. Devido a isso, ela se tornou mais determinada a treinar com uma grande gama de armas, mas se viu incapaz de usar uma espada longa. Ela teve um surto de crescimento enorme no início da adolescência e foi nesse período que ela se tornou capaz de finalmente usar espadas, e esta tornou-se sua arma favorita.[3]

Maryse aprendeu a cozinhar quando era jovem porque a maioria das mulheres não era treinada como guerreira antes de sua geração. Quando ela tinha idade suficiente, ela foi enviada para a Academia dos Caçadores de Sombras. Em algum momento enquanto ela estava lá, ela conheceu e se tornou amiga de Valentim Morgenstern. Ele a recrutou para seu grupo de desajustados, que mais tarde ficou conhecido como o Ciclo. Nessa época, ela conheceu Robert Lightwood, com quem ela começou a namorar e acabou se casando depois que deixaram a Academia. O casal continuou seu trabalho no Ciclo e eram conhecidos por ser quase tão ruins quanto o próprio Valentim quando se tratava de discriminar os Seres do Submundo.[2]

Ela e seu marido compareceram ao casamento de Valentim e Jocelyn Fairchild. Pouco tempo depois, Maryse ficou grávida de seu primeiro filho, Alec.

Em 1989, Maryse juntou-se ao resto do Ciclo em uma viagem para Nova York como parte de sua campanha de revolução. Durante o encontro, o Ciclo massacrou os Whitelaw habitantes do Instituto, os quais estavam defendendo os Integrantes do Submundo locais.[4]

Quando Jocelyn, Luke, e outros deixaram o grupo, Maryse e Robert estavam entre aqueles que permaneceram leais a Valentim. O charme de Valentim a manteve — e a maioria dos outros membros — agarrados às suas palavras, especialmente desde que Valentim reivindicou que todos confiasse nela para resolver os problemas do Ciclo — uma coisa que ele tinha dito para quase todos os outros membros do Ciclo.

No início de 1990, o Ciclo realizou uma Ascensão durante a assinatura dos Nonos Acordos. Os membros se armaram com armas demoníacas e marcharam para o Salão dos Acordos, com a intenção de perturbar a assinatura para enviar sua mensagem contra os submundanos. Jocelyn e Luke chegou com reforços para lutar contra eles, no entanto, e o Ciclo foi derrotado, afinal muitos do integrantes já haviam sido mortos. Pensando em seu filho, que precisava dela, Maryse se rendeu.

Em seguida, os restantes dos membros do círculo — não conseguiram escapar e sobreviveram — foram julgados com a Espada Mortal. Devido ao fato de que eles tinham um filho, e em parte devido às suas ligações com famílias de Caçadores de Sombras influentes, ela e Robert foram condenados a penas brandas: os Lightwoods, incluindo o seu filho inocente ainda criança, Alec, foram exilados para Nova York, onde eles foram obrigados a liderar o Instituto como "punição", embora fosse um trabalho que eles passaram a amar ao longo do tempo. Enquanto isso, o membro do Ciclo companheiro deles Hodge Starkweather foi banido junto com eles; ao contrário deles, no entanto, Hodge estava literalmente confinado ao recinto do Instituto.

O relacionamento de Robert e Maryse, já construído sobre uma base fraca,[5] tornou-se ainda mais tenso quando Robert, que nunca foi tão interessado no Ciclo como Maryse, parcialmente a culpava por seu banimento. Se ela não tivesse engravidado de seu segundo filho, uma menina que deram o nome de Isabelle, Robert teria, aparentemente, a deixado em seguida. Cerca de oito anos após terem sido exilados, Robert teve um caso com Annamarie Highsmith e planejou deixar Maryse por ela. No entanto, Maryse ficou grávida de seu segundo filho, então Robert ficou. Maryse, em seguida, nomeou o menino de Max, em homenagem ao seu irmão, apesar de seu afastamento.

Um ano após o nascimento de Max, Maryse recebeu a guarda de Jonathan Wayland; eles acreditavam que o menino de dez anos era o filho de seu velho amigo Michael Wayland, que eles pensavam ter sido assassinado recentemente. Encarregada de sua criação, Maryse passou a amar Jonathan, cuidando dele como seu próprio filho e dando-lhe o apelido de "Jace", o qual ele começou a preferir em relação ao seu nome real.

Retorno à Nova York

Para a assinatura dos Décimos Acordos, Maryse e Robert foram para Alicante, levando consigo seu filho mais novo Max, como representantes para participar da assinatura.[2] Quando eles voltaram, seus filhos já tinham conhecido a filha de Jocelyn e Valentim, Clary Fairchild, e que tinham descoberto que Valentim estava vivo e que Jace era seu filho. Devido a este novo conhecimento, Maryse tentou se distanciar de Jace. Ela ainda sugeriu que seria melhor se Jace deixasse o Instituto, embora a razão para isso foi porque ela secretamente quis salvá-lo da ira da Inquisidora Imogen Herondale.

Quando Valentim recusou a troca de Imogen por Jace, em troca de dois dos Instrumentos Mortais em sua posse, Maryse tirou-a de seu espanto para que eles pudessem se mobilizar e resgatar Jace do navio do Valentim. Por causa do curto prazo, eles não puderam obter reforços da Clave e invadiram o navio apesar de seus números.

Logo após a batalha contra os demônios no navio, quando eles retornaram ao Instituto, Jace começou a fazer as malas, tendo decidido deixar o Instituto. Maryse convenceu-o a ficar explicando as razões por trás das coisas que ela lhe contara. Ela implorou que ele ficasse, se não fosse por ela, então por seus filhos que amavam muito Jace. Nada do que ela disse o convenceu até que ela cantou a balada francesa que ela costumava cantar para Isabelle e Alec quando eles eram crianças e disse a ele que ela também costumava cantar para ele secretamente. Jace ficou comovido o suficiente para, sem palavras, concordar em ficar.[6]

Guerra Mortal

Os Lightwoods se preparam para sair para Idris para participar de uma grande reunião do Conselho. Quando Clary discute com Jace sobre ir para Idris com eles, Maryse é contra as decisões de Jace e o repreende por suas crenças sobre as próximas ações de Valentim.

Enquanto Maryse, Robert, e os outros Caçadores de Sombras adultos foram na reunião do Conselho, Sebastian Verlac subiu até as torres demoníacas e usou seu sangue para desativar as barreiras.

Após a batalha, Maryse, os Lightwoods, e Jace lamentaram a perda de Max Lightwood, que foi morto por Sebastian, cuja verdadeira identidade era Jonathan Morgenstern, durante o ataque de Valentim.[7]

Ressurreição de Sebastian

Um par de meses depois dos eventos da Guerra Mortal, Caçadores de Sombras mortos começaram a aparecer. Para saber quem estava por trás disso, Maryse trouxe Clary e Luke para o necrotério, onde Clary usa uma runa de necromancia recém-descoberta de reanimar um Caçador de Sombras assassinado para interrogatório. Horrorizado com os efeitos negativos da runa nos caçadores de sombras mortos, Luke a condena, mas ela argumenta que ele não tinha o direito de dizer a ela como comandar o seu Instituto.[8]

Quando Sebastian voltou à vida, ele usou a marca que Lilith tinha colocado em Jace para manipulá-lo, e desapareceu com ele. Maryse conseguiu localizar Jace, que tinha sido marcado por um runa especial que era comumente usada por Valentim para rastrear membros da Clave. Ela mostrou-se aliviada de que ele estava vivo.

A fim de resgatar Jace e parar Sebastian, Maryse lutou na batalha contra os Crepusculares no Sétimo Local Sagrado. Ela matou Jeremy Pontmercy, que estava confrontando Jocelyn, que mostrou a relação antiga entre as duas mulheres. Logo depois, Maryse chamou o Irmão Enoch e o Irmão Zachariah para mostrar-lhes uma mensagem de Sebastian Morgenstern. Ele deixou um par de asas de anjo arrancadas, pingando em icor dourado, com um bilhete que dizia "erchomai", palavra grega para "Eu estou vindo", e assinada com o seu nome completo.[9]

Guerra Maligna

Maryse chamou seus filhos, Clary, Jocelyn, Luke e o resto do Conclave de Nova York do Instituto para uma reunião. Maryse lhes contou os ataques aos Institutos que Sebastian tem orquestrado nas duas últimas semanas e o último ataque foi ao Instituto de Los Angeles. Maryse explicou que as crianças Blackthorn e Emma Carstairs, com exceção do irmão mais velho, Mark, desapareceu e que Helen estava com Aline em Idris. Maryse disse a seus filhos para arrumarem suas coisas, como todos do Instituto seriam evacuados e todos os Caçadores de Sombras tiveram que voltar para Idris para discutir sobre Sebastian e seu exército de Crepusculares.

Eles foram para Idris através de um Portal que foi aberto pela feiticeira Catarina Loss, substituindo Magnus. Maryse e seus filhos tiveram sua própria casa em Alicante devido a Robert ter se tornado o novo Inquisidor. Maryse, Robert e seus filhos e os outros Caçadores de Sombras participaram da reunião do Conselho de luto aos Caçadores de Sombras que foram transformados ou foram mortos, quando Jia e Robert interrogaram Julian Blackthorn e Emma sobre os eventos que aconteceram no Instituto de Los Angeles. A Clave também interrogou os irmãos de Julian; Tiberius, Livia e Drusilla com exceção de Octavian.

Maryse e Alec testemunharam quando Isabelle confrontou Robert sobre o conhecimento de seu caso com Annamarie Highsmith. Maryse e Robert correram atrás de Alec, preocupados com ele que caiu de joelhos em estado de colapso por causa de Jace que havia sido ferido durante a batalha na Cidadela Adamant. Maryse foi ao funeral dos Caçadores de Sombras que morreram durante a batalha da Cidadela, entre outros Nephilim.

Maryse, Robert e seus filhos, Clary, Simon Lewis, Kadir, Aline, os Blackthorns, Emma e os outros Caçadores de Sombras participaram da reunião do Conselho de Jia, onde ela lhes contou que os representantes do submundo e Jocelyn foram sequestrados por Sebastian. Matthias Gonzales, ex-chefe do Instituto de Buenos Aires e um crepuscular, ameaçou a vida de Jia e disse a Clave para entregar Clary e Jace a Sebastian. Alec, filho de Maryse, salvou a vida de Jia matando Matthias. Maryse participou, juntamente com Robert, Jia, Aline, Helen e os Irmãos Enoch e Zachariah, da discussão sobre se deveriam ou não entregar Clary e Jace nas mãos de Sebastian.

Maryse e Robert ficaram furiosos e frenéticos quando Alec, Jace e Isabelle fugiram de Alicante com Clary e Simon, sem saberem que eles haviam ido para o reino demoníaco, Edom, para resgatar os representantes do submundo e Jocelyn, o que eles contaram para Jia e Patrick. Os quatro deles, juntamente com Kadir, Diana Wrayburn, Tomas Rosales, Irmãos Enoch e Zachariah e outros Caçadores de Sombras adultos tiveram uma reunião sobre a traição do Fadas e pediram ajuda dos feiticeiros do Labirinto Espiral contra Sebastian e o Povo das Fadas.

Maryse e Robert e os outros Caçadores de Sombras adultos participaram na batalha contra os Crepusculares de Sebastian e os guerreiros das fadas. Maryse e Robert estavam felizes e aliviados quando Alec, Jace e Isabelle voltaram ilesos dos reinos demoníacos.

Na reunião do Conselho após a Guerra Maligna, a Clave fez as fadas assinarem um conjunto de sanções por sua traição que a contragosto aceitaram. Helen e Mark Blackthorn, por causa de seu sangue de fada, também foram pegos pelo castigo da Clave a fadas. Helen foi banida para a Ilha Wrangel para estudar as barreiras, o que devastou ela e sua namorada, Aline, enquanto seu irmão Mark ficaria com a Caçada Selvagem indefinidamente, cessando o seu resgate e a possibilidade de sua volta apesar das objeções de sua família.

Maryse e seus filhos voltaram para o Instituto de Nova York enquanto seu marido, Robert, ficou em Alicante.

Maryse, Robert e seus filhos junto com seus amigos Caçadores de Sombras e submundanos participaram do casamento de Jocelyn e Luke na fazenda de Luke. Maryse e Robert terminaram seu casamento. No entanto, eles ainda se preocupam um com o outro e se amam. Maryse foi vista conversando com Jocelyn durante a recepção do casamento.[10]

Personalidade

Maryse é uma Caçadora de Sombras apaixonada e orgulhosa. Embora ela tenha sido uma vez um membro do Ciclo que tinha como alvo os Seres do Submundo, ela desde então começou a cuidar das vidas e direitos dos Seres do Submundo e vê-los como valiosos aliados. Ela se preocupa profundamente com seus filhos.

Descrição Física

Maryse tem olhos azuis e cabelos negros. Ela se parece muito com sua filha, Isabelle – uma versão mais alta e com ossos mais aparentes, enquanto Alec teria herdado seus olhos e estrutura – sua constituição rija e magra.

Competências e Habilidades

  • Fisiologia Nephilim: Sendo uma Nephilim, Maryse possui uma variedade de habilidades físicas e mentais avançadas garantidas para ela pelo sangue de Raziel em suas veias e também as marcas angélicas do Livro Gray.Ela também tem o poder de executar tarefas exclusivas para sua espécie, como a capacidade de usar e invocar o poder dos anjos para suas lâminas serafim. Isso inclui força avançada, agilidade, resistência, coordenação, e muitas outras que podem ser melhoradas com tempo e prática.
  • Magia Rúnica: Devido ao sangue de Raziel em suas veias, todos os Caçadores de Sombras são capazes de desenhar runas em sua pele sem nenhum perigo real. Essas marcas, por sua vez, geram efeitos variados e servem para beneficiar àqueles que as usam.
  • Liderança: Maryse foi anteriormente a líder da Conclave de Nova York e foi consideravelmente boa no seu trabalho, capaz de liderar e comandar o respeito e obediência daqueles que ela conduzia de forma eficaz.

Relacionamentos

Maryse e Robert casaram-se imediatamente depois de terem deixado a Academia. Maryse estava completamente apaixonada por Robert, mas ele tinha suas dúvidas sobre seu futuro. No entanto, a união continuou.[5] Eles quase terminaram quando Maryse estava grávida de Isabelle, mas Robert decidiu ficar pelos seus filhos. Quando Maryse estava grávida de Max, ela descobriu que Robert estava tendo um caso com Annamarie Highsmith, e só revelou isso para sua filha, Isabelle, enfatizando para ela nunca confiar nos homens.

Robert ficou em Idris após a morte de seu filho, Max, e até mesmo se voluntariou para a posição de Inquisidor, posição essa que ele exerce até então. Após a Guerra Maligna, Maryse e Robert se separaram, embora eles ainda se preocupem um com o outro e se amem.

Alec é o mais velho dos filhos de Maryse. Ele herdou sua estrutura e olhos. Maryse ficou surpresa ao descobrir que ele era gay, mas, eventualmente, aceitou, embora a relação que Alec estava tendo era com um feiticeiro.

Isabelle é a segunda e mais próxima criança de Maryse. Maryse contou para Isabelle sobre o caso de Robert, e lhe ensinou a não confiar nos homens e a ser uma mulher forte e independente. Isabelle parece exatamente como sua mãe, exceto os olhos e o fato de que sua comida não é tão boa como a de Maryse.

Max foi nomeado em homenagem ao irmão de Maryse. Não se sabe muito sobre o relacionamento deles, embora seja correto supor que Maryse o ama com todo seu coração, como ela ama todos os seus filhos. Ela ficou arrasada depois de sua morte.

Ele não é um Herondale. Ele é Lightwood. Jace Lightwood. É meu filho.

–Maryse, Cidade das Almas Perdidas

Jace entrou na vida de Maryse quando ele tinha dez anos, e ela o criou e amou como seu próprio filho. Quando foi descoberto que ele era filho de Valentim, Maryse tentou manter distância, com medo da dor que uma potencial traição poderia causar, mas não pôde fazê-lo completamente, pois ela o amava como seu próprio filho. Quando Jace confrontou Valentim, Maryse viu que Jace não era como ele. Maryse pediu desculpas e voltou a tratar Jace como ela costumava fazer.

Aparições

Galeria

Veja mais aqui

Curiosidades

  • Algumas cópias de e-books de A Terra Que Perdi mencionaram que Maryse tinha um namorado com quem ela cuidava de seu neto Max para Alec e Magnus. Isto foi cortado no último minuto durante a edição, embora tenha permanecido em certas cópias,[15] mas ainda pode ser cânone e endereçado em O Livro Branco Perdido.[12][13][16][14]

Referências

Família Lightwood
Alec Lightwood | Alexander Lightwood | Andrew Lightwood † | Anna Lightwood | Barbara Lightwood | Barbara Pangborn † | Benedict Lightwood † | Catia Monteverde † | Cecily Herondale | Christopher Lightwood | Eugenia Lightwood |
Felicia Lightwood | Gabriel Lightwood | Gideon Lightwood | Grace Blackthorn | Isabelle Lightwood | Isidore Lightwood |
Jace Herondale | Jesse Blackthorn | Magnus Bane | Maryse Lightwood | Max Lightwood † | Max Lightwood-Bane |
Phoebe Gladstone † | Rafael Lightwood-Bane | Robert Lightwood † | Sophie Collins | Tatiana Blackthorn |
Thomas Lightwood
Família Trueblood
Adam Trueblood | Alec Lightwood | Isabelle Lightwood | Marisa Trueblood | Maryse Lightwood | Max Lightwood † |
Max Trueblood
Caçadores de Sombras Notáveis
Abigail Caçadora de Sombras | Alastair Carstairs | Alec Lightwood | Aline Penhallow | Aloysius Starkweather † |
Amatis Herondale † | Anna Lightwood | Annabel Blackthorn † | Andrew Blackthorn † | Arthur Blackthorn † |
Beatriz Mendoza | Cameron Ashdown | Cecily Herondale | Charles Fairchild | Christopher Lightwood | Clary Fairchild | Cordelia Carstairs | Cristina Rosales | Céline Herondale † | David, o Silencioso | Diana Wrayburn | Diego Rosales |
Drusilla Blackthorn | Edmund Herondale | Emma Carstairs | Ephraim Loss † | Gabriel Lightwood | Gideon Lightwood |
Grace Blackthorn | Helen Blackthorn | Henry Branwell | Hodge Starkweather † | Horace Dearborn † | Imogen Herondale † | Irmão Enoch | Irmão Jeremiah † | Irmão Zachariah | Isabelle Lightwood | Jace Herondale | Jaime Rosales |
James Herondale | Jem Carstairs | Jessamine Lovelace † | Jesse Blackthorn | Jia Penhallow | Jocelyn Fray |
Jon Cartwright † | Jonathan Caçador de Sombras | Julian Blackthorn | Julie Beauvale † | Kit Herondale | Livia Blackthorn † | Lucie Herondale | Luke Garroway | Marisol Garza | Mark Blackthorn | Maryse Lightwood | Matthew Fairchild |
Max Lightwood † | Michael Wayland † | Octavian Blackthorn | Rafael Lightwood-Bane | Robert Lightwood † | Roland Loss | Rosemary † | Sebastian Morgenstern † | Sebastian Verlac † | Simon Lewis | Sona Carstairs | Sophie Collins |
Stephen Herondale † | Tatiana Blackthorn | Tessa Gray | Thomas Lightwood | Tiberius Blackthorn | Tobias Herondale † | Valentim Morgenstern † | Wayland, o Ferreiro | Will Herondale † | Zara Dearborn
mais...
Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.