FANDOM


Ele é meu irmão, mas ele... ele nasceu com alguma coisa faltando, eu acho; algum pedaço do coração onde vive a compaixão.

Diego sobre Jaime, Dama da Meia-Noite

Jaime Rocio Rosales é um Caçador de Sombras da Cidade do México. Ele é o irmão mais novo de Diego Rosales e é um parente distante de Cristina e Tomas Rosales.

Biografia

Paz Fria

Jaime e Cristina eram amigos desde que eram jovens. Eventualmente, eles decidiram que um dia se tornariam parabatai.[1]

Quando a Paz Fria começou, as famílias Rosales foram instruídas a entregar uma herança poderosa, entre outros presentes de suas conexões com as hadas, ou fadas, à Clave, particularmente quando os Dearborn e a Tropa começaram a exigi-la. Em vez de desviar a herança diretamente, eles disseram falsamente que apenas um Rosales poderia fazer o objeto funcionar.

Por tudo isso, o que Jaime mais queria no mundo era trazer a honra de volta para sua família.[2] Em maio de 2012, ele e Diego estavam na residência dos Rosales em San Miguel de Allende com Cristina. Bêbado, Jaime disse a Diego sobre suas intenções com Cristina: como ele pretendia usar sua influência compartilhada sobre ela e sua mãe – com Diego como seu futuro marido e ele como seu parabatai – para ganhar o controle sobre a Instituto da Cidade do México, acreditando que o ramo errado da família Rosales estava no poder. Ele foi tão longe ao ponto de dizer a Diego que ele estava preso com a posição mais difícil como sendo parabatai de Cristina, o que significaria que eles estariam presos para sempre.

Uma vez que Jaime planejava ir para Idris, Diego queria avisar Cristina sobre ele, mas nunca teve a chance, já que ela ouviu tudo o que Jaime disse. Com o coração partido, ela foi embora e se mudou para Los Angeles. Apesar de suas divagações bêbadas, ele, segundo Diego, ainda entrou em pânico quando Cristina partiu. Ainda de acordo com Diego, ele só havia dito essas coisas porque estava bêbado.[1]

Com Cristina e sua conexão mais forte com o Instituto do D.F. acabada, eles se tornaram mais pressionados para dar ou esconder sua herança. Para adiar as exigências dos Dearborn pela herança, Diego se ligou à Tropa em um casamento arranjado com Zara Dearborn, enquanto Jaime pegou a herança e se escondeu.[2]

Londres

Jaime, que havia desaparecido e estava inacessível há meses, entrou no Instituto de Londres depois de ouvir que Cristina havia se refugiado lá. Ele foi descoberto por Drusilla Blackthorn, que imediatamente se apaixonou por ele. Ele disse a ela que estava lá para ver Cristina, mas ela não podia saber que ele estava lá ainda. A confiança que Jaime depositava em Dru, bem como sua dependência dela, a fizeram sentir especial.

Eventualmente, Jaime falou com Cristina, e ele lhe entregou uma carta de Diego explicando-lhe sua situação e tentando lhe explicar o máximo que pôde sobre o por que ele precisou dizer palavras que feriram Cristina. Jaime também disse a ela para enviar-lhe uma mensagem de fogo caso eles fossem lutar contra a Tropa, porque ele queria estar lá. Jaime recusou-se a dizer-lhe para onde ia a seguir e pediu-lhe que não contasse a ninguém que ele esteve lá.

Depois de se encontrar com Cristina, Dru olhou curiosamente para o conteúdo de sua mochila e acidentalmente tocou na herança e ela foi transportada para um quarto nas Terras Unseelie. Durante esse curto período, Jaime reuniu suas coisas e deixou seu quarto. Ele partiu antes da manhã seguinte, mas não antes de deixar um presente de despedida para Dru na forma de um punhal de caça Rosales dourado com uma nota de agradecimento.[2]

Personalidade e Traços

Jaime mudava de humor muito mais rápido que o irmão: num minuto ele estava contente; logo em seguida, ficava triste; depois, pensativo, e então era capaz de rir durante cinco minutos seguidos.

Dru sobre Jaime, Senhor das Sombras

Jaime é guerreiro e feroz, mais do que seu irmão, Diego, pelo qual sacrifica um pouco de sua graça. Ele também era problemático, muitas vezes colocando seu irmão em maus lençóis por suas ações.[1] Ele tem um espírito inquieto e malicioso. Ele banca o advogado do diabo em suas discussões. Jaime também era misterioso, muitas vezes desaparecendo por longos períodos de tempo sem dizer para onde estava indo.[3]

Ele tem um forte sotaque - mais forte que o de Cristina ou Diego.

Descrição Física

Jaime é alto e esguio, seus meses em fuga tornando-o ainda mais magro. Ele tem cabelos negros, tipicamente desalinhados, pele morena, olhos castanhos e longos cílios negros. Além de suas marcas, Jaime também é coberto de tatuagens. Ele tem feições agudas, nariz ligeiramente grande e boca larga. Apesar de aparentemente não ser tão bonito quanto seu irmão "perfeito" à primeira vista, é altamente subjetivo, e seu charme pode facilmente mudar a opinião de alguém sobre sua aparência em comparação com Diego.

Aparições

Galeria

Etimologia

Jaime é a forma espanhola e portuguesa do nome James, assim como Jacob, Jamie ou Jacques. James, por sua vez, é a forma inglesa do latin Iacomus nome que derivou de Ιακωβος (Iakobos), uma versão do nome hebraico Ya'aqov (Jacob) apresentado no Novo Testamento grego.[6] Jaime também é um nome escocês e americano, onde, bem como em espanhol, pode significar "usurpador, que substitui".[7]

Seu sobrenome materno Rosales foi derivado da palavra latina "rosa" e é a forma plural da palavra espanhola "rosal", que significa "roseira".[8] Seu sobrenome paterno Rocío é de origem italiana e espanhola, onde significa "gota de orvalho", ou simplesmente "orvalho".[9][10][11]

Curiosidades

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.