FANDOM


O Instituto de Londres é o Instituto em Londres.

História

Em 1878, ele era dirigido por Charlotte Branwell, e parcialmente por seu marido, Henry.[1] Will Herondale foi nomeado como sucessor de Charlotte, e a família Herondale tem desde então dirigido o Instituto.[2]

Em 2007, o Instituto foi atacado pelo exército de Caçadores de Sombras Crepusculares de Sebastian Morgenstern. No entanto, os residentes do Instituto de Londres foram advertidos e protegidos por uma força que poucas pessoas estavam cientes – o fantasma de Jessamine Lovelace.[3] Depois da guerra, a maioria dos habitantes que costumavam encher o Instituto não retornou, deixando o Instituto praticamente vazio.[4]

Em 2010, o aluno da Academia George Lovelace teve um lugar prometido no Instituto após a Ascensão. Embora ele não tenha sobrevivido, o chefe do Instituto cumpriu sua palavra e George foi enterrado lá.[5]

Em 2012, o Instituto era administrado por Evelyn Highsmith, e Bridget Daly ainda servia como empregada doméstica e cozinheira, apesar de ter mais de cem anos de idade. Ameaçada por Malcolm Fade no Instituto de Los Angeles, a família Blackthorn buscou refúgio aqui. A chegada de uma fada e um feiticeiro levou Evelyn a sair da cidade, deixando Alec temporariamente no comando.[4]

Descrição

O Instituto de Londres está localizado na Fleet Street, em Londres, Inglaterra. Ele fica no antigo local da Igreja de All-Hallows-The-Less, que foi destruída no Grande Incêndio de Londres em 1666.[6] Através de seu glamour, o Instituto parece ser uma igreja regular, abandonada no exterior.

No interior, o Instituto é tão glamuroso quanto um castelo. O teto sobe e desaparece na escuridão acima. Há tapeçarias penduradas nas paredes representando estrelas, espadas e desenhos de runas. O Instituto é grande o suficiente para ser um labirinto para os recém-chegados.

Além disso, assim como a maioria dos outros Institutos, a imagem de Raziel é retratada em várias partes do Instituto, e também tem um Santuário, que tinha uma fonte com uma estátua de anjo. Há também uma biblioteca cheia de literatura, muitos dos quais são religiosos ou clássicos.

Os quartos são grandes e com luz baixa, dando um ar aconchegante e caseiro. Em cada quarto há uma cama grande, uma lareira e janelas. A sala de jantar é enorme e brilhante, iluminado por um lustre a gás grande que ilumina o quarto com uma luz amarelada. Um espelho grande vai ao longo do comprimento do quarto.

O estudo é usado para as reuniões que o Enclave pode ter. O porão já serviu como laboratório de Henry Branwell, e sua sala de treinamento é encontrada no sótão.

Residentes

Início do Séc. 19

Final do Sec. 19 - Início do Séc. 20

Funcionários:

Antigos moradores:

Hóspedes frequentes:

Final do Séc. 20

Funcionários:

  • Bridget Daly (cozinheira; empregada)

Início dos anos 2010

Funcionários:

  • Bridget Daly (cozinheira; empregada)

Hóspedes

Curiosidades

  • O Instituto de Londres é um dos muitos institutos que lançam festas de Natal anuais, algumas das quais são temáticas.[6][7] É atendido pelo Enclave de Londres, e é famoso entre Caçadores de Sombras de diferentes partes do mundo.[3]
  • Quando o Instituto de Londres foi construído no local da igreja All-Hallows-the-Less queimada, a igreja real era de fato situada na Upper Thames Street. Cassandra Clare escolheu colocar o Instituto na Fleet Street, substituindo a Igreja de Santa Bride – que não existe neste universo, e da qual a forma da torre do Instituto se baseava – em vez disso.[8]

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.