FANDOM


O Conselho é o corpo governante da Clave. É composto por um grupo de Caçadores de Sombras, e agora quatro representantes do Submundo, que escrevem as leis, conhecidas como o Pacto, às quais Caçadores de Sombras e Seres do Submundo devem se dedicar. O Conselho também assina os Acordos, e dita decisões para todos os Caçadores de Sombras e Seres do Submundo, e toma decisões finais sobre certas políticas e punições.

Enclaves locais escolhem representantes para sentarem-se no Conselho, os quais lidam com questões de importância imediata que não são amplas o suficiente para que toda a Clave se envolva. Os Enclaves devem decidir por si mesmos como escolher seus representantes no Conselho. Na maior parte das vezes, isso é feito com uma votação simples ou com o líder do Enclave apontando um escolhido; algumas vezes, o próprio líder do Enclave se senta no conselho.

História

Certa vez, havia tão poucos Caçadores de Sombras no mundo que, em matéria de importância, toda a Clave poderia dar sua opinião, mas já se passaram muitas centenas de anos desde que este era o caso. O Conselho mantêm o poder de chamar qualquer Caçador de Sombras para Idris a qualquer momento. Ele também é responsável por escolher um Cônsul, entre outras posições.

Originalmente, o Conselho comportava apenas Caçadores de Sombras. Entretanto, uma vez que tanto Caçadores de Sombras quanto Seres do Submundo perceberam a extensão em que seus problemas os afetam um ao outro, especialmente logo antes da Guerra Mortal, um Novo Conselho foi formado, agora incluindo assentos para representantes de todas as raças de Seres do Submundovampiros, lobisomens, fadas e feiticeiros.[1] Após os eventos da Guerra Maligna, entretanto, as fadas perderam seu assento no Conselho, apesar de Kaelie Whitewillow representar a Corte Seelie durante seus pedidos de clemência para a Clave.

Membros do Conselho podem ser distinguidos por suas vestes do Conselho, negras com runas prateadas, ou o signo que usam, que contém o símbolo da Clave.

Salão do Conselho

Todas as reuniões do Conselho acontecem no Salão do Conselho, no Garde, em Idris. Antes da criação do Portal, havia entradas espalhadas pelo mundo, algumas das quais na Abadia de Westminster, alcançada através de uma passagem secreta na Câmara Pyx,[2] a Sagrada Família, e a Catedral de São Basílio, mas essas entradas foram seladas com a invenção do Portal.[3]

A Câmara é grande o suficiente para acomodar todos os membros da Clave.

Já que muitos Institutos na verdade possuem a arquitetura de construções bem conhecidas de Alicante,[4], alguns, como o Instituto de Nova York,[5] até mesmo têm portões que se replicam e se parecem exatamente com os portais de madeira do Salão do Conselho.

Símbolo

A insígnia para o Cônsul é formada por quatro C's consecutivos em um quadrado que representa Conselho, Convênio (Pacto), Clave e Cônsul. Com a formação do Novo Conselho, Clary Fray foi convidada a desenhar o novo símbolo: a runa do Conselho (4 Cs), com as curvaturas de cada C segurando um símbolo de um dos quatro ramos do Submundo: uma lua crescente para o lobisomens, uma flecha de elfo para as fadas, um livro de feitiços para os feiticeiros e uma estrela para os vampiros.

Reuniões

As reuniões do Conselho são maiores do que as do Enclave ou Conclave local. Elas são convocadas geralmente quando questões ou preocupações graves que afetariam toda a Clave surgem.

Dependendo da gravidade do problema a ser dscutido, os comparecimentos às reuniões do Conselho podem variar. Algumas podem receber apenas membros seletos da Clave; outras, por qualquer um abaixo de oitenta; e outras, principalmente emergenciais, precisam ter o comparecimento de todos os membros da Clave. Algumas reuniões até mesmo têm títulos, como o Grande Conselho ou coselhos de guerra, dependendo do propósito.

Reuniões Conhecidas

  • 1878
    • A reunião foi convocada para discutir seu próximo curso de ação a respeito de Axel Mortmain e suas ações ameaçadoras sobre os Nephilim, particularmente sua infiltração no Instituto de Londres. Porque Benedict Lightwood ameaçou Charlotte Branwell por sua posição, eles se reuniram novamente duas semanas depois.[2]
    • O Cônsul Josiah Wayland convocou uma reunião de emergência em resposta ao pedido de Charlotte por armas e o pedido de ajuda que ela enviou para toda a Clave para que se infiltrasse na base de Mortmain em Cadair Idris. Na reunião, Wayland proclamou sua falta de confiança nela e propôs sua substituição, mas encontrou oposição. Essa reunião foi, mais tarde, invadida pelos Autômatos, resultando em uma chacina.
    • A Ascensão de Sophie Collins aconteceu no Salão do Conselho e recebeu alguns membros.
  • 2007

Membros Conhecidos

Século 19

Cônsul(es):

Inquisidor(es):

Membros:

Antigos:

Século 20

Cônsul(es):

Inquisidor(es):

Membros:

Século 21

Cônsul(es):

Inquisidor(es):

Membros:

Antigos:

Curiosidades

  • Enquanto ainda planejava o símbolo do Novo Conselho, Clary considerou um trevo de quatro folhas para simbolizar as fadas e presas para os vampiros.[1]

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.