FANDOM


ALERTA DE SPOILER: Detalhes do enredo a seguir. Aconselhamos atenção!

Ash Morgenstern é o filho de Sebastian Morgenstern e da Rainha Seelie.

Biografia

Vida Pregressa

Ash nasceu da Rainha da Corte Seelie e Sebastian Morgenstern, um Caçador de Sombras com sangue de demônio, algum tempo depois de sua união em 2007.

Devido à maneira diferente como o tempo trabalhou em Faerie, Ash envelheceu para cerca de treze anos de idade mortal em 2012. Em um ponto, ele foi tirado de sua mãe pelo Rei Unseelie e levado para sua Corte. Com seu sangue de fada real, seu sangue de Caçador de Sombras, e sangue de demônio, o Rei via nele um potencial para ser uma arma contra os Nephilim. O Rei o proveu com seu sangue e feitiços para ser o que ele imaginou para seu Primeiro Herdeiro. O Rei também tomou um pouco de seu sangue, retirado de um corte que ele fez em sua garganta, e usou-o em volta do pescoço para extrair energia.

Sua mãe costumava barganhar com o Rei por seu retorno.[1]

Estranhos

Ash estava na sala de armas quando uma garota, que ele aprenderia mais tarde ser Drusilla, apareceu do nada. A visão da estranha o deixou cauteloso, e ele pegou sua adaga e exigiu que ela se identificasse, perguntando se ela era uma Caçadora de Sombras. Quando Dru o repreendeu por ser rude, ele disse a ela seu nome, mas continuou a interrogá-la, perguntando imediatamente se ela havia sido enviada por sua mãe e se ela estava preocupada com ele. A conversa deles foi interrompida quando Dru foi levada de volta ao reino mortal.[2]

Como parte da magia que o Rei tinha entrelaçado a ele, Ash tinha um efeito sobre as pessoas que os faziam querer segui-lo e protegê-lo. Isso afetou Annabel Blackthorn imensamente e a mulher se agarrou a ele como sua guardiã na Corte Unseelie, usando o desejo do Rei para o Volume Negro dos Mortos em sua posse como uma moeda de barganha. O Rei planejava utilizar feitiços no livro para imbuir Ash com poderes, alguns dos quais enfraqueceriam os Caçadores de Sombras mais do que a praga de Thule. Ash também estava ciente da história de seu pai com os Nephilim, então quando Emma Carstairs e Julian Blackthorn vieram resgatá-lo, ele resistiu.

Quando os Caçadores de Sombras e um dos filhos do Rei, Kieran, foram capturados, o Rei ordenou que Ash executasse Kieran. Ash pediu por uma razão, e o Rei apenas disse que ele precisava derramar sangue real, e logo, para que a magia dos Artifícios das Trevas pudesse começar seu trabalho nele enquanto ele ainda era jovem. Ash hesitou, mas foi pressionado pelo Rei, mas antes que pudesse começar a tentar, sua mãe chegou. Annabel, desesperada para protegê-lo e mantê-lo longe de suas tramas famintas por poder, levou-o através do Portal que levava a Thule.

Thule

Annabel foi direto para o Sebastian de Thule com Ash, esperando que ele os protegesse lá, no mundo em que Sebastian vencera a Guerra Maligna, com os dois chegando a Thule por volta de dois anos depois da guerra. Isso funcionou por pelo menos cinco anos. Sebastian mantinha seu filho por perto, ensinando-lhe seus modos cruéis, e Ash passivamente observava Sebastian arruinar o que restava do mundo.

Embora Sebastian tenha inicialmente ficado satisfeito com a ideia de ter um filho, e jogou com Ash, ele eventualmente perdeu a paciência com o garoto e em algum momento de seu treinamento, quando Ash cometeu um erro, tentou puni-lo com um chicote. O Jace de Thule interveio em nome de Ash e conseguiu convencer Sebastian a deixar seu general treinar seu filho. Ash prometeu impressioná-lo, e durante o curso de seu treinamento cresceu ligado a Jace, o que irritou Sebastian. Em um ponto, Sebastian teve Ash jogado em um poço de demônios para avaliar sua habilidade. Durante a luta, as asas de Ash se manifestaram; de acordo com Sebastian, elas eram as asas de um anjo caído e sempre estiveram nele, mas haviam sido atraídas por Thule.[3]

Eventualmente, no entanto, quando Ash parecia em torno de dezessete anos, Annabel percebeu que Sebastian estava ficando fraco. Ela temia que Sebastian algum dia os atacasse e matasse Ash para recuperar suas forças, e assim fez um acordo com Julian e Emma para salvar Ash.

Por volta deste ponto, Jace também percebeu que Sebastian era um perigo para Ash, e já havia tentado avisá-lo para fugir, desafiando o vínculo que ele compartilhava com Sebastian. Embora incapaz de dizer diretamente a Ash que Sebastian queria machucá-lo, Ash entendeu o que ele estava tentando dizer: que seu pai logo o mataria. Na vez seguinte em que ele estava com Sebastian, embora fingisse ser indiferente como sempre, Jace percebeu que Ash realmente passou a odiar Sebastian naquele momento.[3]

Algum tempo depois, em uma base dentro de uma boate, Psychopomp, usada por seu pai, Ash encontrou um desenho de Drusilla deixado para trás pelo Julian Blackthorn de seu mundo e, curioso sobre a garota, manteve-o para si.

Ash estava com Sebastian quando ele e seu exército confrontaram os rebeldes do lado de fora da Cidade do Silêncio. Ele silenciosamente sinalizou para Emma e Julian que Annabel não os havia traído. Quando uma batalha começou, Ash foi abordado por um rebelde, o lobisomem Bat, e simplesmente convenceu o rebelde com suas palavras a deixá-lo ir. Reconhecendo que Sebastian pretendia matá-lo algum dia, Ash se juntou à batalha em sua forma alada, atacou Sebastian e, com um comando, o desarmou, permitindo que Emma o matasse com a Espada Mortal, acrescentando que ele fez isso porque gostava do que ela disse a Sebastian sobre a Clary Fairchild de seu mundo. Annabel tentou puxá-lo através do Portal de volta ao mundo deles, mas Ash, mesmo mais tarde quando Emma e Julian o chamaram, se recusou a deixar Jace.

Algum tempo depois, ele e Jace viajaram para o seu mundo e foram se encontrar com sua mãe na Corte Seelie. Jace ofereceu o retorno de Ash em troca de Clary.[1]

Depois de seu retorno à Corte Seelie, a Rainha Seelie ficou preocupada com sua segurança dentro de sua corte e o enviou para morar em uma casa em um penhasco, a cem léguas das Cortes Seelie e Unseelie. Em um esforço para fazer Jace, agora chamado Janus, se sentir melhor sobre sua nova casa, Ash pediu a sua mãe um piano para ele, mas ficou desapontado quando Janus se recusou a tocá-lo.

Em 2013, Ash foi pego por Janus estudando a foto de Dru que ele havia trazido de Thule. Ignorando suas perguntas sobre o papel, Ash notou o sangue nas mãos de Janus das pessoas que ele havia matado no Mercado das Sombras de Nova York, e expressou sua preocupação com o bem-estar de seu amigo, afirmando que achava que Janus iria melhorar. Ash ficou chateado com os comentários de Janus, comentando amargamente que Janus o deixaria em breve, já que ele só se importava com Ash por causa do perfeito feitiço de lealdade.

Quando Janus voltou depois de outra viagem ao mundo mundano, Ash o encontrou e expressou surpresa por ele ter retornado, pensando que Janus iria morar com Clary. Ele estava animado com o pensamento de que Janus iria ficar, e concordou em retomar seu treinamento como um Caçador de Sombras, descartando a advertência de Janus de que aprender a suportar runas seria doloroso. Quando Janus mencionou que ele estava pensando em dar o mundo a seu comando, Ash sorriu, dizendo que ele gostaria disso.[3]

Personalidade e Traços

Devido ao seu tempo em Thule, Ash desenvolveu uma personalidade mais sombria, descrita como um olhar predatório e frio em seus olhos. Ele não é cruel como seu pai e é capaz de amar os outros. No entanto, ter sido ferido e usado por tantas pessoas em sua vida custou algo a Ash, como ele menciona a Janus, que ele não se importa de ser ferido por ele uma vez que já está acostumado com isso.

Ash parece estar especialmente ciente do feitiço de lealdade perfeita colocado sobre ele, e exibe tendências amargas e insegurança sobre seu efeito nas pessoas ao seu redor, pois ele não sabe se elas realmente se importam com ele ou se estão sob os efeitos do feitiço.[3]

Descrição Física

Ash tem cabelo branco-loiro curto, uma cara afiada,[2] orelhas pontudas,[1] e os típicos olhos verdes dos Fairchild. Ele tem uma larga cicatriz em forma de X ao lado de sua garganta, cortada por Arawn. Ash também tinha asas negras de anjo nas costas, cobertas com prata, que ele podia esconder e estender à vontade. Ele tem uma semelhança com seus pais e até mesmo sua tia,Clary.[1]

Durante seu tempo na Corte Unseelie, ele usava roupas ricas, bem como uma faixa de metal dourada em sua cabeça, significando sua linhagem real.[2] Quando criança, Ash era magro, parecendo quase doentio. Ele cresceu em um homem alto e de ombros largos.[1]

Relacionamentos

Ao chegar em Thule, Ash foi descrito como tendo uma expectativa brilhante em seu rosto ao encontrar seu pai. No entanto, esta esperança foi logo extinta quando Ash aprendeu mais sobre Sebastian e experimentou a crueldade de seu pai em primeira mão. Na época da morte de Sebastian, Ash estava ciente de que corria o risco de ser morto por seu pai e passara a odiá-lo completamente, embora ele o escondesse de todos, menos de Janus, em quem confiava.

Ash realmente se importa com Janus. Durante o curso de seu treinamento com Janus, Ash ficou muito ligado a ele por causa da gentileza que o general de seu pai lhe mostrava. Quando Janus tentou avisar Ash para fugir de Sebastian, Ash pediu-lhe para ir com ele e tentou consolá-lo quando o vínculo que ele compartilhava com Sebastian teve um efeito físico e emocional negativo sobre ele, deixando-o de joelhos. Depois que Sebastian morreu, Ash resgatou Janus da batalha pela Cidade do Silêncio e depois o levou de volta ao seu próprio mundo. Enquanto em Faerie, Ash tentou ajudar Janus, lembrando-o de seu antigo eu com um piano, esperando que isso tivesse um efeito positivo em seu amigo, que ainda estava danificado por anos de estar conectado a Sebastian.

Quando Janus decidiu ficar com Ash e treiná-lo em Faerie, Ash ficou satisfeito que seu amigo não o deixaria, e feliz em saber que, apesar de estar separado dele por um tempo, a afeição de Janus por ele não diminuíra, como teria acontecido se seu amor por Ash fosse puramente resultado do perfeito feitiço de lealdade. Ash estava preocupado que Janus só se importasse com o feitiço, e garantiu a Janus que ele não se importaria com a dor que seu amigo poderia infligir a ele durante o treinamento, pois sabia que Janus não iria querer machucá-lo.

Aparições

Referências

Família Morgenstern
Amalia Morgenstern † | Ash Morgenstern | Clary Fairchild | Jocelyn Fray | Oskar Morgenstern † | Roderick Morgenstern |
Sebastian Morgenstern † | Seraphina Morgenstern † | Valentim Morgenstern
Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.