FANDOM


As Crônicas de Bane
ACdB capa 01
Informação
Título Original

The Bane Chronicles

Autor(es)
Tradutor(es)

Rita Sussekind

Artista da Capa

Cliff Nielsen

Ilustrador(es) Cassandra Jean
Narrador(es)

Vários Artistas

Data de
Lançamento

16/04/2013
(primeira história) EUA-UK icone
11/11/2014 (impresso) EUA-UK icone
06/11/2014 (impresso) Brasil-icone

Editora

Margaret K. McElderry EUA-UK icone
Galera Record Brasil-icone

Nº de Páginas

528 EUA-UK icone
392 Brasil-icone

Capa

Magnus Bane

Série
As Crônicas de Bane
 1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11
Ordem de Lançamento
Lançado depois de
Cidade do Fogo Celestial
Lançado antes de
CACS: Bem-Vindo à Academia dos Caçadores de Sombras

As Crônicas de Bane é uma compilação de 11 histórias curtas contando as aventuras do Alto Feiticeiro do Brooklyn, Magnus Bane, e co-escrita por Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson. Primeiramente lançado em e-book, a versão impressa da coleção foi lançada em 11 de novembro de 2014.

Descrição

O passado do poderoso Magnus Bane é ainda mais encoberto de mistério do que seu presente.

Há séculos, sua figura boêmia destila charme nas mais badaladas noites, de Nova York a Londres, atraindo olhares e encantando fadas, vampiros e, claro, Caçadores de Sombras. Durante sua longa existência de mais de trezentos anos, Magnus Bane acumulou histórias que vão além de corações partidos e desventuras amorosas.

Antes de lutar ao lado dos Caçadores de Sombras e de se apaixonar por Alec Lightwood, o feiticeiro conheceu ilustres personalidades e esteve nos mais marcantes acontecimentos da história mundial. Saiba como ele vivenciou a Revolução Francesa e quase impediu o final trágico de sua amiga íntima Maria Antonieta; badalou em pleno movimento punk; assistiu literalmente de sua janela à crise que abalou os Estados Unidos em 1929; lutou contra os Nephilim para defender outros habitantes do Submundo e conheceu Valentim, o Caçador de Sombras mais temido de todos os tempos, quando este ainda era só um adolescente pretensioso e cruel.

Os contos, agora compilados nesta edição inédita, apresentam fatos até então desconhecidos sobre o passado desse lendário feiticeiro até os dias de hoje — incluindo, é claro, seu desastroso primeiro encontro com Alec. Entenda como ele se tornou o famoso Magnus Bane e conheça detalhes fundamentais da história do Submundo.

Histórias

Galeria

Ilustrações

Capas

Curiosidades

  • O modelo da capa para Magnus Bane na versão original do EUA é Remington Hoffman; o irmão do modelo está na capa original de Príncipe Mecânico como Jem Carstairs.
  • Em Cidade do Fogo Celestial, Magnus dá a Alec um caderno contendo histórias que moldaram sua vida, que ele escreveu semanas após se separarem. As Crônicas de Bane é tudo ou uma parte das histórias contidas no caderno.[1][2]
  • A edição impressa contém um conto extra (O Correio de Voz de Magnus Bane) e 11 cenas ilustradas, uma para cada história, desenhadas por Cassandra Jean.
  • Ascensão do Hotel Dumort e A Queda do Hotel Dumort foram originalmente pensadas como uma única história: A Ascensão e Queda do Hotel Dumort. Sua separação pode ter sido causada pela remoção de certas histórias do conjunto original dos 10 e-books lançados.
    • Nenhum Imortal Pode Manter um Segredo foi originalmente planejado para ser lançada como a sétima história em 15 de outubro de 2013, com a colaboração de Maureen Johnson. Porém, foi removida da compilação final em certo ponto, quando as primeiras histórias estavam sendo liberadas na forma de e-book, depois de seu especialista sobre "Viena na virada do século" desistir.[3] (Descrição: Magnus, na virada do século 20, decide experimentar esta nova "psicanálise" com o Dr. Freud. Mas, claramente, o médico não tem nenhuma experiência para ajudar um feiticeiro com séculos de idade, com uma história de namoro muito complicada e alguns problemas incomuns com o pai.)
    • A Carta, para a qual nenhuma descrição ou spoiler foi dada, era supostamente para ser lançada como a décima história em 31 de dezembro de 2013.[4] Foi, em vez disso, trabalhada em Cidade do Fogo Celestial e removida das crônicas.[5] Isso talvez tenha algo a ver com a história sobre Michael Wayland que Robert Lightwood contou para seu filho no livro, presumido porque a artista Cassandra Jean pôs uma carta na Mão de Michael Wayland em um de seus cartões florais.[6][7]

Referências

Crônicas dos Caçadores de Sombras de Cassandra Clare
Os Instrumentos Mortais
Cidade dos Ossos Cidade das Cinzas Cidade de Vidro
Cidade dos Anjos Caídos Cidade das Almas Perdidas Cidade do Fogo Celestial
As Peças Infernais Os Artifícios das Trevas
Anjo Mecânico Dama da Meia-Noite
Príncipe Mecânico Senhor das Sombras
Princesa Mecânica Rainha do Ar e da Escuridão
As Últimas Horas As Primeiras Maldições
Corrente de Ouro Os Pergaminhos Vermelhos da Magia
Corrente de Espinhos O Livro Branco Perdido
Corrente de Ferro O Volume Negro dos Mortos
As Crônicas de Bane
O Que Realmente Aconteceu No Peru Salvando Raphael Santiago
A Rainha Fugitiva A Queda do Hotel Dumort
Vampiros, Bolinhos e Edmund Herondale O Que Comprar Para o Caçador de Sombras...
O Herdeiro da Meia-Noite A Última Batalha do Instituto de Nova York
Ascensão do Hotel Dumort Os Rumos do Amor Verdadeiro
Contos da Academia dos Caçadores de Sombras
Bem-Vindo à Academia dos Caçadores de Sombras Reis e Príncipes Pálidos
O Herondale Perdido Língua Afiada
O Demônio de Whitechapel O Teste de Fogo
Nada Além de Sombras Nascido Para a Noite Sem Fim
O Mal Que Amamos Anjos Que Caem Duas Vezes
Fantasmas do Mercado das Sombras: Uma Antologia de Contos
Filho do Amanhecer Os Perversos
Longas Sombras A Terra Que Perdi
Todas as Coisas Extraordinárias Através do Sangue, Através do Fogo
Aprendendo Sobre Perdas O Mundo Perdido
Um Amor Mais Profundo Para Sempre Caído
Próximos
Os Poderes Perversos
Livros Complementares
O Códex dos Caçadores de Sombras
Uma História de Notáveis Caçadores de Sombras e Seres do Submundo
The Official Mortal Instruments Coloring Book
Adaptações
City of Bones: The Graphic Novel
Graphic novels de Os Instrumentos Mortais
As Peças Infernais (Mangá)
Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos
Shadowhunters: The Mortal Instruments
Esta página utiliza conteúdo de uma página da The Shadowhunters Wiki. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.